Quando os favoritos estão fora

Austin Dillon segurou Ryan Blaney para vencer em Las Vegas
Austin Dillon segurou Ryan Blaney para vencer em Las Vegas

Austin Dillon se aproveitou de uma situação rara para conquistar a terceira vitória da carreira na Xfinity Series, neste sábado, dia 7, em Las Vegas.

É que pela primeira vez desde o fim da temporada 2002, quando a categoria ainda se chamava Busch Series, o grid não contou com Kevin Harvick, Kyle Busch, Matt Kenseth, Brad Keselowski ou Joey Logano.

O domínio desses cinco pilotos de 2003 para cá é notável. Juntos, venceram 177 provas. Foram 70 triunfos de Busch, 37 de Harvick, 32 de Keselowski, 21 de Logano e 17 de Kenseth.

Só que o quinteto não correu neste sábado. Dos cinco, o único inscrito era Kyle Busch, mas o piloto da Joe Gibbs ainda se recupera da lesão sofrida em Daytona e foi substituído por Denny Hamlin. Kenseth mais uma vez viu Erik Jones subir no carro número 20, enquanto Dale Earnhardt Jr correu com o equipamento da própria equipe – usado por Harvick na vitória em Atlanta – por causa do acordo de patrocínio que tem com a Tax Slayer.

Já Keselowski e Logano entregaram o carro 22 da Penske para Ryan Blaney, que passará a ter cada vez mais espaço na equipe na Xfinity, até mesmo para acelerar o processo de adaptação à Sprint Cup.

E quase que Blaney ficou com a vitória. O piloto se envolveu em um acidente com Jones quando faltavam menos de 20 voltas e pôde parar nos boxes para consertar o equipamento e colocar pneus novos.

Assim, com a borracha pouco gasta, ele pôde escalar o pelotão até desafiar Dillon nos dois últimos giros. O piloto da RCR, porém, conseguiu fechar a porta e se defendeu dos ataques para receber a bandeira quadriculada na frente.

Curiosamente, na última corrida sem Harvick, Busch, Kenseth, Keselowski e Logano o resultado também foi definido nos giros finais. Na edição de 2002 da prova de Homestead-Miami, Jason Keller apostou numa tática de economia de combustível, mas teve uma pane seca depois de ter recebido a bandeira branca, entregando o triunfo para Scott Wimmer.

Anúncios

Um comentário sobre “Quando os favoritos estão fora

  1. Adicionando… Las Vegas em 2015 foi a primeira vez desde 2002 onde uma corrida numa pista de 1,5 milha não teve os pilotos citados.

    A última sem os cinco foi Elkhart Lake em 2014, mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s