A estreia da Carlin e de Max Chilton na Indy Lights

Max Chilton participou dos testes em Homestead- Miami
Max Chilton participou dos testes em Homestead- Miami

De olho nas preparações para a temporada 2015, quando estreia um novo carro, a Indy Lights realizou dois dias de treinos coletivos nesta segunda e terça-feira no traçado misto de Homestead-Miami, onde o clima está um pouco melhor que a tal nevasca histórica de Nova York e da região da Nova Inglaterra.

Um dos grandes destaques dos testes foi a estreia da Carlin. A equipe britânica compete em praticamente todas as categorias de base da Europa e agora está expandindo as atividades para os Estados Unidos.

A outra novidade, também trazida pela esquadra inglesa, foi Max Chilton. O ex-piloto da Marussia na F1 parece estar disposto a seguir carreia nos EUA. Para isso, fechou um acordo com a Carlin para participar do programa de testes da Indy Lights nesta temporada enquanto também estudam entrar em conjunto na Indy a partir do ano que vem.

E como acontece nos campeonatos da Europa, o time de Trevor Carlin resolveu debutar no certame sem fazer qualquer tipo de cerimônia ao, logo na estreia, dominar três das quatro sessões em Homestead.

Como as condições de pista melhoraram durante os dois dias de treinos, a melhor marca veio justamente na última parte da terça, com Ed Jones cravando 1min13s746, sendo 0s392 mais veloz que Shelby Blackstock, canadense que estreia na Indy Lights pela Andretti.

A Carlin chegou chegando na Indy Lights
A Carlin chegou chegando na Indy Lights

O terceiro lugar ficou com Tristan Vautier. O francês foi campeão em 2012 e agora retornou à categoria para testar o equipamento da equipe Belardi. Ele dividiu o segundo carro da escuderia com o colombiano Juan Piedrahia, que participou apenas do primeiro dia de atividades em Miami.

Kyle Kaiser, piloto que evoluiu bastante nos últimos anos, foi o quarto, seguido por Spencer Pigot, companheiro de equipe na Juncos, e Scott Hargrove.

Com o tempo de 1min14s440, Chilton fechou somente na sétima colocação, mas a equipe Carlin disse que o britânico sofreu com um problema no limitador de velocidade e tinha tudo para completar a dobradinha com Jones se não fosse a falha.

Apesar de o resultado ter ficado um pouco abaixo do esperado, o ex-piloto de F1 é mais conhecido por evoluir ao longo do tempo que passa numa categoria a chegar no carro e impressionar logo de cara. Foi assim tanto na F3 Inglesa quanto na GP2, quando no começo ficava longe da zona de pontos, mas acabava se tornando alguém capaz de lutar por pódios e vitórias.

Por isso, a estratégia de testar durante um ano pela Indy Lights – isso se ele não acabar correndo – é acertada. Com tanta coisa para aprender na transição para o automobilismo norte-americano, melhor passar um ano na categoria de acesso e dar um passo de cada vez a ter que lidar com tudo de uma vez só.

O único problema para Chilton eventualmente será repetir o que fez na F1 e como novato terminar todas as corridas da Indy. Até porque terá que andar em ovais e em apertados circuitos de rua, competindo contra alguns pilotos conhecidos por não aliviar, digamos assim, nas disputas lado a lado.

Para encerrar, o primeiro carro da Sam Schimdt ficou apenas na oitava colocação, com RC Enerson. Felix Serralles, vindo da F3 Euro, também não conseguiu se acertar e foi somente o décimo na segunda máquina da Belardi. A Indy Lights volta a Homestead-Miami nesta quinta-feira para mais um dia de teste, mas dessa vez no oval.

Confira os tempos combinados da atividade:

Sem título

Anúncios

Um comentário sobre “A estreia da Carlin e de Max Chilton na Indy Lights

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s