A sequência brasileira de vitórias em janeiro

Tony Kanaan venceu as 24 Horas de Daytona
Tony Kanaan venceu as 24 Horas de Daytona

Foi apenas na última hora de competição que a vitória de Scott Dixon, Tony Kanaan, Jamie McMurray e Kyle Larson começou a se desenhar nas 24 Horas de Daytona.

Embora tenha sido dominante durante a maior parte da disputa, o número 02 da Chip Ganassi precisou travar um bom duelo com o carro da Wayne Taylor – tripulado por Max Angelelli, Ricky e Jordan Taylor – para ficar com a vitória.

Na tática, a Ganassi conseguiu ultrapassar o protótipo adversário ao fazer a parada nos boxes depois, assim aproveitando o tanque vazio para dar voltas rápidas e retornar do pit-lane na frente.

Depois, nos últimos minutos, o time adversário cometeu um erro primário e foi obrigado a fazer um pit-stop inesperado, porque Jordan Taylor estava prestes a estourar o limite máximo de horas que um piloto pode dirigir. Se isso acontecesse, ele não marcaria pontos no campeonato. O americano acabou substituído pelo irmão mais velho, Ricky, e o carro número 10 acabou perdendo quase um minuto.

Caso os Taylor tivessem ganhado a corrida, os pilotos brasileiros amargariam um jejum incômodo sem terem conquistado vitórias em janeiro. Nos últimos cinco anos, o primeiro mês do calendário teve sempre ao menos um competidor do país subindo no degrau mais alto do pódio em alguma categoria internacional, algo agora repetido por Kanaan.

Lucas Foresti era um especialista em vencer em janeiro
Lucas Foresti era um especialista em vencer em janeiro

Durante todo esse período, o Brazil Open foi disputado e viu Felipe Guimarães (2013 e 2014) e Lucas Foresti (2011 e 2012) conquistarem o título. Mesmo em 2010, quando o norte-irlandês William Buller foi o campeão, André Negrão recebeu a bandeira quadriculada na frente em duas baterias.

Como o torneio de Roberto Mourão não foi realizado em 2015 devido às obras de Interlagos, a melhor chance de vitória de um piloto do país acabou perdida. E mesmo se o Brazil Open não contar, uma vez que o torneio é aqui no Brasil e enfrentou grids minúsculos em algumas edições, os brasileiros também chegaram na frente em outras competições.

As próprias 24 Horas de Daytona viram Christian Fittipaldi (2014) e Oswaldo Negri (2012) cruzarem a linha de chegada na frente. Já a Toyota Racing Series, certame disputado na Nova Zelândia, teve três pilotos do Brasil subindo no degrau mais alto do pódio. Pipo Derani e Bruno Bonifacio venceram uma vez cada em 2013 (Bonifacio venceu duas vezes naquela temporada, mas um dos triunfos foi em fevereiro) e Foresti ganhou uma em 2010.

O triunfo mais cedo de um brasileiro, porém, cabe a Vinicius Perdigão. Se neste ano Kanaan precisou garantir a sequência na última prova do mês, o garoto venceu há cinco anos no dia 3 de janeiro, no campeonato de inverno da USF2000. O que me faz perguntar quem marca um torneio para começar logo no Ano Novo.

Antes de Kanaan, os brasileiros tiveram chance de vitória na etapa da F-E, em Buenos Aires, e no MRF Challenge, que correu neste fim de semana, na Índia com Gustavo Myasava e Vinicius Papareli. Sergio Sette Câmara, por sua vez, está escalado para participar das duas últimas etapas da Toyota Racing Series, que acontecem apenas em fevereiro.

Veja um resumo das vitórias brasileiras em janeiro desde 2010:

2010: André Negrão (Brazil Open) e Lucas Foresti (Toyota Racing Series)
2011: Lucas Foresti (Brazil Open) e Vinicius Perdigão (USF2000 Winterfest)
2012: Lucas Foresti (Brazil Open) e Oswaldo Negri (24h de Daytona)
2013: Felipe Guimarães (Brazil Open), Bruno Bonifacio e Pipo Derani (Toyota Racing Series)
2014: Felipe Guimarães e Leandro Florenzo (Brazil Open) e Christian Fittipaldi (24h de Daytona)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s