Passo 1 de 1 bilhão

Jehan Daruvala vai estrear nos monopostos (não com esse carro aí) em 2015
Jehan Daruvala vai estrear nos monopostos (não com esse carro aí) em 2015

No fim do ano passado, mostrei aqui no World of Motorsport que é praticamente impossível um jovem piloto conquistar um título nas categorias menores se não tiver o apoio de um time da F1.

E quem vai tentar manter essa escrita é Jehan Daruvala. O garoto de apenas 16 anos é apoiado pela Force India e anunciou na última semana que vai fazer a transição dos karts para os monopostos em 2015, disputando a F-Renault Norte-Europeia (NEC) pela Fortec.

A relação de Daruvala com a esquadra de Vijay Malya começou no programa ‘1 em 1 bilhão’, cujo objetivo era revelar um piloto indiano, que seria lapidado até chegar à F1. O garoto foi o terceiro colocado na competição – atrás de Arjun Maini e Tarun Reddy –, mas, por ser mais jovem e considerado mais promissor, acabou sendo o escolhido para ter o apoio da esquadra.

Desde então, ele se destacou em competições de kart tanto na Inglaterra, quanto no resto da Europa e agora chegou a hora de pular para os carros maiores.

Pela Fortec, o piloto assume a posição de um dos favoritos ao título da F-Renault NEC, uma vez que a equipe é a atual tricampeã do certame. Antes dele, Jake Dennis, Matt Parry e Ben Barnicoat – sendo os dois últimos da Caterham e McLaren, respectivamente – levaram a escuderia de Richard Dutton ao primeiro lugar.

No entanto, Daruvala terá um caminho mais complicado que o dos antecessores, pois chega mais cru à categoria. Dennis e Parry já tinham alguns anos de experiência nos monopostos antes de disputarem o certame, enquanto Barnicoat havia feito a estreia nos carros pela F-Renault Inglesa, no fim de 2013.

Para compensar o tempo perdido, o garoto da Force India afirmou que deve participar de três etapas da F-Renault Eurocup e mais duas da Alps, quando não houver conflito de agenda, acumulando mais quilometragem.

O ponto negativo para Daruvala é que a Fortec teve um 2014 de altos e baixos nas diversas F-Renault. Enquanto Barnicoat, Seb Morris, Charles Leclerc e Jack Aitken conseguiram lutar por pódios e vitórias, os demais pilotos tiveram resultados bem abaixo do esperado, mostrando que a esquadra teve problemas em competir em três frentes.

Outro piloto que também assinou com a Fortec para este ano é Ferdinand Habsburg, herdeiro do trono austríaco. O nobre, porém, não disse em qual F-Renault irá competir. No ano passado, ele disputou a versão 1.6 do certame e, agora em janeiro, estará na Toyota Racing Series.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s