Nelsinho Piquet busca se recuperar na F-E
Nelsinho Piquet busca se recuperar na F-E

Dezembro é o mês mais curto para quem gosta de automobilismo. Por causa das festas de fim de ano, são dois fins de semana a menos de corridas, e muitas ceias natalinas, retrospectivas e YouTube para suprir a falta de velocidade.

Por isso, este fim de semana é especial. Será a última vez em 2014 que teremos carros na pista disputando campeonatos de verdade. Depois disso, apenas testes em circuitos espalhados pelo mundo como preparação para o próximo ano.

E a principal decisão deste último fim de semana acontece aqui na América do Sul, com a F4 Sudamericana correndo em Concórdia, na Argentina. O que já sabemos é que o campeão será brasileiro, uma vez que somente Bruno Baptista e Felipe Ortiz têm condições matemáticas de ficar com a taça – apenas eles disputaram todas as corridas no ano.

E já era para Baptista ter sido campeão, mas como a F4 faz uso da regra da pontuação dobrada na última etapa, então Ortiz ainda tem chances, mesmo estando 61 pontos atrás do compatriota.

Não sei ao certo se pontos em dobro é algo adequado para uma categoria de base, cujo objetivo é preparar os garotos, e não ter um bom show até a última etapa. Mas, ao mesmo tempo, traz a pressão de um vestibular. Baptista e Ortiz tiveram o ano todo para estudar o certame, então agora chegou a hora de mostrar tudo o que aprenderam para ver quem fica com a taça.

Bruno Baptista pode ser campeão da F4 Sudam
Bruno Baptista pode ser campeão da F4 Sudam

Não muito longe de Concórdia, a Fórmula E realiza a terceira etapa do campeonato inaugural no Uruguai, em Punta del Este. Lucas Di Grassi lidera o certame com 43 pontos, três a mais que Sam Bird, o segundo colocado. Bruno Senna e Nelsinho Piquet buscam se recuperar na tabela após terem abandonado na Malásia, onde faziam uma boa prova e lutavam pelo pódio.

Em Barbados, a Corrida dos Campeões volta a ser realizada após o cancelamento do evento de 2013, devido à crise política na Tailândia. O grid deste ano conta com nomes de destaque como Ryan Hunter-Reay, Jamie Whincup, Tom Kristensen, Esteban Ocon e José María López, mas as ausências certamente serão sentidas.

A principal, claro, será de Michael Schumacher. O germânico nunca escondeu que tinha como objetivo final da carreira o sétimo título da Copa das Nações – a disputa entre países –, mas acabou sofrendo aquele grave acidente no fim do ano passado enquanto esquiava e obviamente não correrá. Parceiro do ex-piloto da Ferrari e Mercedes nas seis conquistas, Sebastian Vettel também não estará em Barbados, assim como Lewis Hamilton.

O curioso é que o atual campeão da F1 viajou ao país da América Central no começo do ano quando o Global Rallycross correu por lá em um evento em parceria com a versão britânica do programa ‘Top Gear’.

Entre os certames menos populares, a Porsche Cup brasileira terá o duelo de dois pilotos com passagem pela F3000, Ricardo Rosset e Constantino Junior, pela taça. Já a F-Renault Asiática conhecerá o campeão de 2014 com a britânica Alice Powell – que quase correu pela Caterham em Abu Dhabi – tendo chances matemáticas.

Por fim, neste sábado acontece as 12 Horas do Golfo, no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi. A prova conta com alguns dos principais pilotos de carros GT, além do bicampeão da MotoGP Jorge Lorenzo em uma Ferrari. A outra corrida de longa duração do fim de semana são as 12 Horas de Tarumã.