O último fim de semana de 2014

Nelsinho Piquet busca se recuperar na F-E
Nelsinho Piquet busca se recuperar na F-E

Dezembro é o mês mais curto para quem gosta de automobilismo. Por causa das festas de fim de ano, são dois fins de semana a menos de corridas, e muitas ceias natalinas, retrospectivas e YouTube para suprir a falta de velocidade.

Por isso, este fim de semana é especial. Será a última vez em 2014 que teremos carros na pista disputando campeonatos de verdade. Depois disso, apenas testes em circuitos espalhados pelo mundo como preparação para o próximo ano.

E a principal decisão deste último fim de semana acontece aqui na América do Sul, com a F4 Sudamericana correndo em Concórdia, na Argentina. O que já sabemos é que o campeão será brasileiro, uma vez que somente Bruno Baptista e Felipe Ortiz têm condições matemáticas de ficar com a taça – apenas eles disputaram todas as corridas no ano.

E já era para Baptista ter sido campeão, mas como a F4 faz uso da regra da pontuação dobrada na última etapa, então Ortiz ainda tem chances, mesmo estando 61 pontos atrás do compatriota.

Não sei ao certo se pontos em dobro é algo adequado para uma categoria de base, cujo objetivo é preparar os garotos, e não ter um bom show até a última etapa. Mas, ao mesmo tempo, traz a pressão de um vestibular. Baptista e Ortiz tiveram o ano todo para estudar o certame, então agora chegou a hora de mostrar tudo o que aprenderam para ver quem fica com a taça.

Bruno Baptista pode ser campeão da F4 Sudam
Bruno Baptista pode ser campeão da F4 Sudam

Não muito longe de Concórdia, a Fórmula E realiza a terceira etapa do campeonato inaugural no Uruguai, em Punta del Este. Lucas Di Grassi lidera o certame com 43 pontos, três a mais que Sam Bird, o segundo colocado. Bruno Senna e Nelsinho Piquet buscam se recuperar na tabela após terem abandonado na Malásia, onde faziam uma boa prova e lutavam pelo pódio.

Em Barbados, a Corrida dos Campeões volta a ser realizada após o cancelamento do evento de 2013, devido à crise política na Tailândia. O grid deste ano conta com nomes de destaque como Ryan Hunter-Reay, Jamie Whincup, Tom Kristensen, Esteban Ocon e José María López, mas as ausências certamente serão sentidas.

A principal, claro, será de Michael Schumacher. O germânico nunca escondeu que tinha como objetivo final da carreira o sétimo título da Copa das Nações – a disputa entre países –, mas acabou sofrendo aquele grave acidente no fim do ano passado enquanto esquiava e obviamente não correrá. Parceiro do ex-piloto da Ferrari e Mercedes nas seis conquistas, Sebastian Vettel também não estará em Barbados, assim como Lewis Hamilton.

O curioso é que o atual campeão da F1 viajou ao país da América Central no começo do ano quando o Global Rallycross correu por lá em um evento em parceria com a versão britânica do programa ‘Top Gear’.

Entre os certames menos populares, a Porsche Cup brasileira terá o duelo de dois pilotos com passagem pela F3000, Ricardo Rosset e Constantino Junior, pela taça. Já a F-Renault Asiática conhecerá o campeão de 2014 com a britânica Alice Powell – que quase correu pela Caterham em Abu Dhabi – tendo chances matemáticas.

Por fim, neste sábado acontece as 12 Horas do Golfo, no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi. A prova conta com alguns dos principais pilotos de carros GT, além do bicampeão da MotoGP Jorge Lorenzo em uma Ferrari. A outra corrida de longa duração do fim de semana são as 12 Horas de Tarumã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s