Lance Stroll na F3 Euro

Lance Stroll conta com o apoio da Ferrari
Lance Stroll conta com o apoio da Ferrari

Campeão da temporada de estreia da F4 Italiana, Lance Stroll já está com o futuro garantido no automobilismo. É que nesta semana a Academia da Ferrari divulgou uma entrevista feita com o canadense, praticamente confirmando-o na disputa da F3 Europeia em 2015 pela Prema.

O pulo para a F3, na verdade, já estava sendo especulado há algum tempo. O pai de Lance, o megaempresário Lawrence Stroll, nunca escondeu que estava disposto a fazer de tudo para que o garoto conseguisse chegar à F1 sem maiores problemas. Até surgiram no noticiário alguns rumores de que ele estaria disposto a comprar a Prema para garantir o melhor equipamento disponível para o filho.

Com ou sem a aquisição do time, Lance acaba repetindo os passos de antigos colegas da Academia. Raffaele Marciello, por exemplo, saiu da F-Abarth direto para a F3 Italiana em 2011. No ano passado, foi a vez de Antonio Fuoco deixar a F-Renault Alps após conquistar o título para competir na F3 Euro.

O que os dois italianos têm em comum é que eles demoraram a engrenar na nova fase da carreira. Idealmente, antes de correr na F3 Euro, os pilotos passam pela F-Renault Eurocup, que tem um grid mais competitivo e prepara melhor os garotos. Nem Marciello, nem Fuoco andaram nesse certame, e ambos tiveram problemas de adaptação.

O atual piloto da Racing Engineering na GP2 teve uma temporada decepcionante na F3 Italiana, em 2011, sendo apenas o terceiro colocado – entre doze competidores – na tabela e vencido duas vezes. Ele correu o risco de perder a vaga na Academia, mas ganhou uma nova chance no certame europeu, se destacou e até foi campeão.

Fuoco também teve um ano de altos e baixos na F3. Em 2014, competindo pela mesma Prema, ele venceu duas vezes, subiu ao pódio em mais oito oportunidades, só que ficou longe da zona de pontos em metade das 30 corridas disputadas, seja por problemas no carro, por acidentes ou por um desempenho abaixo do esperado nas classificações.

Na comparação com outros novatos, Fuoco sequer chegou perto do companheiro de equipe Esteban Ocon, campeão do certame e vindo da F-Renault Eurocup. E isso sem citar Max Verstappen, que estreou no campeonato logo após fazer a transição do kart e, com a mesma velocidade, já se mandou para a F1.

Stroll, portanto, terá o mesmo desafio dos colegas de Academia: vencer e convencer em uma categoria muito mais competitiva, apostando que a expertise de Maranello seja o suficiente para superar a melhor preparação dos concorrentes.

Só que para o canadense há um detalhe a mais. Se os dois italianos contavam com a atenção única da Ferrari enquanto estavam na F3, Lance muito provavelmente dividirá a equipe com Fuoco. Mesmo com a provável concorrência interna, não tenho a menor dúvida que ele vai se tornar um vencedor na F3, ainda que leve mais tempo que o planejado.

Anúncios

Um comentário sobre “Lance Stroll na F3 Euro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s