Lucas Di Grassi fez história e venceu a primeira corrida da F-E
Lucas Di Grassi fez história e venceu a primeira corrida da F-E

Alejandro Agag, promotor da Formula E, definiu como uma loucura a ideia de criar um campeonato completamente novo para carros elétricos. É que o plano era ambicioso. Como transformar uma tecnologia que ainda está se firmando nas ruas em um certame de sucesso e com credibilidade no esporte a motor?

A resposta foi com muito trabalho. O dirigente conseguiu reunir diversas empresas importantes de dentro e fora do automobilismo – o carro é feito pela Dallara, a eletrônica veio da McLaren, a Williams produziu as baterias, o motor elétrico é da Renault e ainda há os patrocínios da DHL, Tag Heuer e Qualcomm.

Mas nada disso importa se o produto entregue dentro das pistas não corresponder à expectativa criada fora delas. E isso a F-E foi capaz de atender. A primeira corrida da temporada, disputada neste sábado, dia 13, na China, sofreu com os percalços da estreia de qualquer campeonato, mas deixou uma imagem positiva.

Como os carros da F-E são mais lentos – a média da etapa chinesa foi de 97km/h (com safety-car) –, uma das preocupações era que a categoria se tornasse um desfile de carros elétricos e não exatamente uma corrida. No entanto, o que aconteceu foi o contrário. Houve brigas por praticamente todas as posições, do começo ao fim do dia.

Para se ter ideia disso, a prova começou com Franck Montagny espremendo o companheiro de equipe de Andretti, Charles Pic, no muro. E terminou com dois pilotos que dividem o mesmo carro no Mundial de Endurance (WEC) – Nicolas Prost e Nick Heidfeld – se tocando na última curva enquanto brigavam pela liderança, sendo que um deles capotou e atingiu o alambrado com violência.

É claro que Heidfeld poderia ter se ferido gravemente nesse acidente, mas o alemão saiu ileso. Com isso, agora todo mundo está falando do campeonato elétrico, da batida, de como a liderança mudou de mãos na última curva antes da vitória. Em resumo, a F-E não podia ter um fim de prova melhor.

Agora cabe à organização da categoria continuar trabalhando para manter o momentum e para que as próximas etapas sejam tão emocionantes como essa (e sem acidentes assim, por favor).

Sabe o famoso 'falem bem ou falem mal, mas falem de mim'? Certamente a F-E foi o assunto do fim de semana
Sabe o famoso ‘falem bem ou falem mal, mas falem de mim’? Certamente a F-E foi o assunto do fim de semana

Por outro lado, há algumas coisas que o certame precisa mudar. Um dos pontos negativos é o treino classificatório, dividido em quatro grupos. Os carros vão à pista de cinco em cinco e a soma dos tempos forma o grid de largada. É o mesmo sistema que a Nascar usou por anos em circuitos mistos, então não é ruim. Só ficou faltando uma superpole, com o mais veloz de cada grupo, para trazer emoção até o último instante.

A organização da Formula E também deveria cogitar aumentar o fim de semana para dois dias de atividade. No entanto, a decisão de fazer os dois treinos livres, a classificação e a corrida no mesmo dia serve para cortar custos. Por isso, não devemos esperar mudanças aqui tão cedo.

Outro detalhe é o pit-stop. A troca de pilotos é interessante, mas dá a impressão de ser muito lenta e pouco competitiva. Só que essa é uma das partes mais importantes da corrida, tendo quase decidido o resultado da prova de abertura, uma vez que Heidfeld só conseguiu ultrapassar Lucas di Grassi nos boxes. Para dar um maior dinamismo, a F-E poderia fazer uso daquela imagem dividida das paradas nos boxes da Nascar, mostrando o que acontece simultaneamente com os líderes da corrida. Usar uma câmera presa no capacete do piloto ou de alguns mecânicos também daria uma noção maior de velocidade.

A última coisa é tomar cuidado com as zebras. Uma delas lançou Heidfeld direto no alambrado, e o resultado poderia ter sido muito feio. Para resolver isso, basta diminuir a altura das zebras ou abrir espaço para que, em caso de acidente, o carro consiga diminuir velocidade ou frear antes de um eventual choque.

Você pode clicar aqui para ver os resultados completos da F-E, assim como das principais categorias do automobilismo neste fim de semana.