F3 no Brasileiro de Kart

Não é exatamente isso quando a gente fala de F3 no Brasileiro de Kart - foto da hitech racing
Não é exatamente isso quando a gente fala de F3 no Brasileiro de Kart – foto da hitech racing

Após a pausa de dois meses para a Copa do Mundo de futebol, a F3 Brasil será obrigada a esperar mais quase 40 dias para voltar às pistas. Afinal, a próxima etapa da categoria só está marcada para os dias 6 e 7 de setembro, no Velopark. Isso, no entanto, não quer dizer que os garotos do grid vão ficar muito tempo sem correr.

É que nesta semana está acontecendo a segunda fase do Brasileiro de Kart. E diversos pilotos do grid da F3 resolveram deixar os monopostos de lado por uma semana para voltar aos carrinhos na categoria Graduados.

O principal nome nessa empreitada é o do líder do campeonato, Pedro Piquet. Tendo feito a transição para os carros desde o fim do ano passado, o filho de Nelson Piquet agora volta ao kartismo, onde venceu umas das etapas do Troféu Academia da FIA em 2013. Apesar disso, na teoria ele não é um dos favoritos na divisão, já que sempre teve uma carreira de altos e baixos na modalidade.

Em Itu, Piquet vai enfrentar alguns colegas da F3. Vitor Baptista e Sergio Sette Câmara, da própria escuderia Cesário, serão dois dos principais concorrentes, além de Mauro Auricchio da R&R/Weissach e Artur Fortunato, que deixou a R&R para correr pela própria equipe.

O grid ainda conta com gente oriunda de outras categorias. Renato Junior e Giuliano Raucci chegaram a testar o carro da F4 Sudamericana, mas ainda não apareceram em nenhuma etapa deste campeonato. Oriundo da F-Junior, Lucas Villela também estará na pista, mas disputando na Novatos.

De qualquer forma, se algum deles quiser terminar na frente, para isso será preciso desbancar gente mais experiente, como André Nicastro e Olin Galli. Além de Johilton Pavlak e John Louis, que fizeram uma breve carreira na extinta F-Futuro e desde então passaram a se dedicar apenas ao kartismo.

Além do título de campeão brasileiro, os pilotos da Graduados disputam neste fim de semana três vagas na decisão da Seletiva Petrobras, o principal torneio do país e que dará ao campeão, além de uma boa grana, a chance de testar com a equipe Koiranen da F-Renault.

Até agora três pilotos já estão garantidos na final da Petrobras: o próprio Vitor Baptista, além de Vinícius Papareli e do atual campeão da F-Junior, Victor Matzebacker.

No fim, além da premiação e da taça obviamente, o grande destaque do campeonato será poder acompanhar talvez pela última vez a disputa desses garotos nos karts. Baptista, Piquet, Raucci, Sette Câmara – além de Pedro Cardoso que corre na Europa – encabeçaram uma geração fortíssima de pilotos brasileiros e podem, quem sabe, fazer aquele processo de renovação do grid das principais categorias do mundo. É claro que é muito, muito cedo para dizer se vai dar certo. Mas essa é a chance de vê-los disputando roda a roda no kart neste momento de afirmação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s