Vencer com grid invertido conta?

Felipe Nasr venceu a primeira corrida longa da carreira na GP2
Felipe Nasr venceu a primeira corrida longa da carreira na GP2

Embora o jejum de vitórias já tivesse acabado, dá para dizer que Felipe Nasr conquistou efetivamente o primeiro triunfo da carreira na GP2, no último fim de semana, na Áustria. Afinal, essa foi a primeira vez que o piloto da Carlin cruzou a linha de chegada na frente em uma corrida longa na categoria.

Mesmo que o primeiro lugar no domingo – na prova curta – também conte, o paddock da F1 sabe que não é a mesma coisa. Como a regra do grid invertido entra em vigor, no fim acaba-se premiando um piloto que não conseguiu ir além da oitava colocação de uma corrida. E como na categoria principal não tem esse tipo de artifício, certamente as escuderias querem alguém que possa brigar um pouco mais à frente.

Por isso, é natural que algumas equipes da F1 acabem considerando que os ganhadores apenas do domingo não tenham uma vitória de verdade. São bons pilotos, claro, mas ainda é necessário que mostrem algo mais.

No caso de Nasr, desde o ano passado ele já tinha mostrado o que sabia fazer. Mesmo enquanto enfrentava o jejum, o brasileiro provou ser um dos melhores largadores do grid da GP2, conseguiu poupar pneus e vem andando bem nos treinos classificatórios, embora ainda não tenha obtido a primeira pole.

Além disso, as chances de o brasileiro triunfar em 2013 foram diminuídas por causa da estratégia suicida de algumas escuderias de usar apenas o pneu duro (e evitar o desgaste dos pneus) na prova do sábado, que tem o pit-stop e a troca de compostos obrigatórios. Enquanto esses times eram obrigados a parar novamente no domingo, abrindo mão de qualquer resultado, Felipe, que lutava pelo campeonato, adotava uma tática mais conservadora.

Neste ano, a direção da GP2 proibiu que essa estratégia fosse usada. Como resultado, o brasileiro conseguiu o primeiro triunfo da carreira na Espanha, em um domingo, e triunfou pela primeira vez no sábado agora na Áustria.

Antes de brilhar na Indy, Mike Conway venceu apenas uma prova curta da GP2
Antes de brilhar na Indy, Mike Conway venceu apenas uma prova curta da GP2

Assim, ele deixa uma extensa lista de competidores que ainda estão devendo resultado na corrida principal. O nome mais notável é de Stefano Coletti. Com cinco vitórias na GP2, o monegasco foi o líder do campeonato passado até as últimas etapas, mas acabou perdendo rendimento. Para piorar, todos os triunfos do representante da Racing Engineering vieram graças ao grid invertido.

Outro nome badalado é o de James Calado. Apontado como favorito em 2013, o britânico também tem cinco vitórias na GP2 – incluindo uma que não valia para o campeonato em Abu Dhabi –, mas todas aconteceram no domingo. O inglês, porém, teve a chance de mudar essa história, mas teve azar com o safety-car (Valência/2012) e com estratégias questionáveis.

Calado, aliás, é um dos venceram justamente no fim de semana em que estreou no campeonato. Outros que ganharam no primeiro domingo na carreira na GP2, mas jamais encontraram as glórias nos sábados foram Kamui Kobayashi, Michael Ammermüller e Edorado Mortara.

A lista ainda é completada pelos ex-F1 Sébastien Buemi, Jérôme D’Ambrosio e Karun Chandhok, além de nomes como Stéphane Richelmi, Jon Lancaster, Nathanael Berthon, Josef Král, Tom Dillmann, Giacomo Ricci (que curiosamente foi demitido após vencer), Dani Clos, Mike Conway, Javier Villa, Ernesto Viso, Jose Maria López, Cilvio Piccioni e Oliver Pla.

De qualquer forma, como se pôde ver, vencer apenas no domingo não quer dizer que a carreira de um piloto esteja estagnada. Nem perto disso! Esses competidores – os que não passaram pela F1 – encontram sucesso em categorias como Indy, WEC e afins.

Uma última curiosidade é que o Brasil não tem ninguém que ganhou apenas aos domingos. Os seis pilotos do país a triunfar na categoria – Nasr, Luiz Razia, Alberto Valério, Bruno Senna, Nelsinho Piquet e Lucas Di Grassi – encontram as glórias também na prova longa.

P.S.: para todos os efeitos, usei a nomenclatura de corrida longa/sábado e corrida curta/domingo neste post, mesmo nos casos de quem correu e venceu em Mônaco. No Principado, a categoria corre na sexta-feira e no sábado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s