A volta de Nelsinho Piquet à Nascar

Nelsinho Piquet andou no lugar de John Wes Townley
Nelsinho Piquet andou no lugar de John Wes Townley

Eu tenho uma boa e uma má notícia para quem quer ver Nelsinho Piquet de volta à Nascar. A parte boa é que o brasileiro de fato retornou à categoria neste fim de semana, na etapa de Gateway da Truck Series. A ruim é que ele participou apenas dos treinos livres, substituindo John Wes Townley.

Essa, na verdade, é uma prática bastante comum nos Estados Unidos. Como Townley tinha que estar em Michigan na sexta-feira para correr na Arca, campeonato em que ele também compete, a equipe Wauters precisou arrumar alguém para fazer todo o trabalho de desenvolvimento do truck ao longo dos treinos livres.

E a escolha por Nelsinho não foi por acaso. O brasileiro já havia participado de uma corrida de uma categoria menor – o Snowball Derby – pelo time, então ele já conhecia todo mundo. Além disso, estamos falando de um piloto que tem experiência na F1 e venceu duas vezes na Truck Series e uma na Nationwide.

Na pista, o desempenho foi regular. Piquet terminou o primeiro treino com a 14ª colocação ao cravar 33s909. Ele foi 0s855 mais lento que Chase Pistone, o ponteiro. Na segunda atividade, o brasileiro caiu para 15º, mas ficou mais perto do líder, tendo encerrado com um déficit de 0s570 para Justin Lofton.

Curiosamente, o americano também estava participando da atividade apenas para substituir um piloto. Lofton, outro veterano da Truck Series, entrou no lugar de Gray Gaulding, que estava se dedicando a uma corrida da Nascar East.

E há uma diferença entre o desempenho do líder e de Piquet. Embora estejamos falando de dois substitutos, essa foi a primeira vez que o brasileiro teve contato com o novo equipamento da Truck Series, cuja estreia aconteceu neste ano. Lofton, por sua vez, já havia disputado algumas corridas.

Na comparação com velhos conhecidos, Nelsinho foi bem. Mesmo andando por um time menor, ele foi mais veloz que os três trucks da Turner na segunda atividade e só perdeu para Ron Hornaday na primeira.

Quem também deve ter ficado satisfeito com o resultado foi John Wes Townley. Sabendo que o truck estava em boas mãos, ele pôde disputar tranquilo a etapa da Arca, fechando na quarta colocação. Gaulding também foi bem, concluindo em quinto na Nascar East após largar na pole-position.

Longe da Nascar, Nelsinho Piquet disputa o Global Rallycross – ocupando a segunda colocação da tabela – e participa das corridas do Blancpain Sprint Series que não coincidem com o rali.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s