Com um belo layout, Charles Leclerc liderou em Barcelona
Com um belo layout, Charles Leclerc liderou em Barcelona

Uma das principais categorias do automobilismo de base, a F-Renault Eurocup continuou os preparativos para a temporada 2014 com mais dois dias de treinos coletivos no circuito de Barcelona no início desta semana.

As atividades, entretanto, foram um pouco diferentes dessa vez. Como o regulamento da F-Renault determina que caso um piloto for participar de mais de um campeonato da modalidade durante o ano – no caso de combinar o calendário da Eurocup com o da Alps, por exemplo – então ele pode tomar parte de apenas metade da pré-temporada.

Por isso, o grid em Barcelona ficou desfalcado. A ausência mais sentida, claro, foi de Nyck de Vries, que também vai participar da Alps em 2014. Mais veloz nas atividades em Paul Ricard, o holandês da McLaren dessa vez precisou ficar nos boxes da Koiranen e apenas anotar os tempos dos colegas de equipe. Outros que também não andaram na Espanha foram Steijn Schothorst, Jack Aitken, Levin Amweg e Gustav Malja.

Sem alguns fortes concorrentes e com outros favoritos enfrentando problemas mecânicos e de desempenhos, os treinos em Barcelona tiveram uma nova leva de protagonistas.

E ninguém brilhou tanto quanto Beitske Visser. Dispensada do programa do Red Bull Junior Team no fim de 2013, a holandesa está disposta a mostrar que o problema de desempenho ano passado foi mais por causa da equipe – a Motopark na Adac Masters – que falta de talento.

Agora andando pela AVF, Beitske liderou as duas primeiras sessões, o que lhe deu a quarta colocação na classificação geral. No final, a pilota terminou 0s478 atrás de Charles Leclerc, o mais veloz.

Beitske foi a mais veloz no primeiro dia
Beitske foi a mais veloz no primeiro dia

E o desempenho do monegasco também não deixou de ser uma surpresa. Tendo competido no kart até o ano passado, Leclerc vai disputar apenas a F-Renault Alps em 2014 e pode aparecer na Eurocup em etapas esporádicas. Mesmo assim, o garoto rapidamente provou que não é empresariado por Nicolas Todt – o mesmo de Felipe Massa, Pastor Maldonado e Jules Bianchi – por acaso.

Com o tempo de 1min42s304, o piloto foi o mais rápido na manhã do segundo dia de treinos, o suficiente para garanti-lo na ponta. Aliás, a Fortec teve bons motivos para comemorar. Além da liderança de Leclerc, a escuderia inglesa ainda viu Matt Parry – apoiado pela Caterham – completar a dobradinha.

A terceira colocação ficou com Bruno Bonifácio. Dessa vez, o brasileiro não fechou nenhuma sessão na liderança, mas esteve sempre na briga pelo primeiro lugar. No final, o piloto da Prema ficou em terceiro, com um déficit de 0s439.

Apesar do bom desempenho, Bruno disse que os resultados dos testes não são tão importantes, pois Barcelona não faz mais parte do calendário da categoria. No entanto, os treinos serviram para que a equipe Prema recolhesse informações importantes sobre o acerto do equipamento.

Como já dito, Beitske foi a quarta, seguida por Egor Orudzhev. Sem De Vries, coube a D’Agosto colocar o melhor carro da Koiranen em sexto, com Dennis Olsen, na outra Prema, em sétimo. Martin Rump, Kevin Jörg e Anthoine Hubert completaram o top-10. Mais rápido na tarde do segundo dia de atividades, Aurélien Panis foi apenas o 11º.

Também favoritos ao título, Andrea Pizzitola (Manor MP) e Alex Albon (KTR) não tiveram um bom desempenho na Espanha. O francês concluiu apenas em 13º, enquanto o britânico de origem tailandesa enfrentou problemas no carro e foi somente o 16º.

A F-Renault ainda realiza mais dois dias de treinos coletivos, em Jerez de la Frontera, antes do início da temporada.

Confira os tempos combinados de Barcelona:

temposbarcelona