Treinos da World Series by Renault em Paul Ricard

Jazeman Jaafar começou o ano na frente na World Series
Jazeman Jaafar começou o ano na frente na World Series

Por causa do frio na Europa e nos Estados Unidos, as primeiras semanas do ano são mais paradas no automobilismo. Por isso, alguns pilotos aproveitam para participar de torneios de verão, principalmente no hemisfério sul, onde a temperatura é mais quente.

Só que nem todo mundo pensa assim. Enquanto países como Brasil, Nova Zelândia e os próprios EUA (na região da Flórida) recebem jovens do mundo todo, alguns campeonatos já começaram as atividades de olho em 2014. Um deles é a World Series by Renault, que teve dois dias de testes nesta semana em Paul Ricard.

Como a atividade serviu para que as equipes pudessem gastar o que sobrou dos motores do ano passado, além de avaliar os novos compostos da Michelin, apenas 13 dos 26 carros estiveram na pista. A principal ausência foi a Fortec, que já anunciou Oliver Rowland e Sergey Sirotkin como dupla na próxima temporada.

No resto, dos demais 12 pilotos confirmados, Nikolay Martsenko, da Comtec, também não participou, mas o grid acabou reforçado por Nigel Melker, em um segundo carro da ISR, enquanto Zoel Amberg andou pela Tech 1.

Pietro Fantin comandou o trabalho da Draco
Pietro Fantin comandou o trabalho da Draco

Falando na ISR, a equipe tcheca foi o grande destaque dos treinos, com Jazeman Jaafar liderando três das quatro sessões e marcando o melhor tempo no combinado. O malaio só foi superado justamente na primeira atividade de pista, quando Carlos Sainz Jr colocou o carro da Dams – levado ao título do ano passado por Kevin Magnusen – na frente.

Os treinos também tiveram a presença de um brasileiro. Pietro Fantin, que já foi anunciado pela Draco, andou constantemente no top-5 e encerrou com a quarta colocação no geral. Além do desempenho positivo do piloto paranaense, a escuderia ítalo-brasileira aproveitou para testar novos componentes e acertos de olho no novo campeonato.

O bom rendimento de Fantin também foi importante, já que neste ano ele assume a função de principal piloto da escuderia, uma vez que o companheiro – Luca Ghiotto – está estreando no certame. Depois de ser colocado de lado pela Arden Caterham no ano passado, o brasileiro precisará recuperar os bons resultados do início da carreira.

Confira a soma dos tempos da World Series em Paul Ricard:

Tempos WS

3 comentários sobre “Treinos da World Series by Renault em Paul Ricard

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s