Academia da Ferrari de 2014

Raffaele Marciello será piloto da GP2 em 2014
Raffaele Marciello será piloto da GP2 em 2014

Enquanto a Caterham se prepara para revelar a dupla de pilotos para a temporada 2014 da F1, quem se aproveitou do vazio no noticiário desta segunda-feira, dia 20, para anunciar os planos para este ano foi a Ferrari.

Claro que não falo da equipe da F1, já que Fernando Alonso e Kimi Raikkonen já estavam garantidos há algum tempo. Agora foi a vez da Academia da Ferrari, o programa de jovens pilotos de Maranello, decidir onde os garotos vão competir neste ano.

Levando em conta o bom resultado de 2013 – com Raffaele Marciello campeão da F3 Europeia e Antonio Fuoco, da F-Renault Alps –, era improvável que houvesse alguma mudança profunda na Academia. Por isso, não foi surpresa quando a escuderia manteve a mesma escalação do último ano, com Jules Bianchi e Lance Stroll se juntando aos dois italianos.

A grande expectativa do anúncio, portanto, era saber o que Marciello vai fazer, afinal ele liderou os treinos de pós-temporada tanto da World Series by Renault quanto da GP2 e levou o mistério de com quem iria assinar até o último minuto.

Embora a World Series tenha virado a nova categoria da moda, o italiano será piloto da GP2. Mas há quem tenha torcida o nariz para essa decisão. É que a principal categoria de acesso da F1 também não está vivendo um bom momento por causa dos custos elevados e tem tido dificuldades para colocar um grid de qualidade. Para isso, basta ver que os pilotos que lutaram pelo título – Davide Valsecchi, Luiz Razia, Sam Bird e Fabio Leimer – só foram cogitados como titular na F1 pelo dinheiro que levam.

O que muita gente esquece é que essa não é a primeira experiência da Academia da Ferrari na GP2. Bianchi já havia disputado o campeonato, em 2010 e 2011, e a World Series by Renault no ano seguinte. Ou seja, os italianos têm a noção correta do que cada categoria pode oferecer aos pilotos. No caso da GP2, carro com maior downforce, pneus Pirelli e mesmas pistas do calendário da F1.

Lance Stroll vai correr na F4 Italiana (não é o carro da foto)
Lance Stroll vai correr na F4 Italiana (não é o carro da foto)

Faltando apenas definir a equipe que Marciello vai defender – provavelmente a Racing Engineering –, a Ferrari apenas confirmou que Jules Bianchi segue na Marussia, enquanto Antonio Fuoco substitui o compatriota na Prema, na F3 Europeia. Esses eram acordos já anunciados, e eu já cheguei a escrever aqui no World of Motorsport que acho a ida do atual campeão da F-Renault Alps à F3 uma decisão muito precipitada. Basta clicar aqui para relembrar.

Por fim, Lance Stroll, de apenas 15 anos, é mais um a fazer a transição do kart para os monopostos em 2014. Em um ano recheado de novidades sobre essa novíssima geração do esporte a motor, o canadense vai disputar a nova F4 Italiana, categoria que substitui a F-Abarth. Assim como Marciello, ele ainda não tem uma equipe definida.

Não é exatamente uma surpresa que Stroll vá competir na F4 ao invés da F-Renault, dado o óbvio laço entre Ferrari e Fiat (que comanda a categoria). O problema é o mesmo que eu já escrevi sobre Fuoco: mesmo que ele seja campeão, vai ser muito difícil analisar o real potencial do garoto.

Ou seja, enquanto a F-Renault Alps – o outro campeonato de base da Itália – terá os badalados Martin Kodric, Ben Barnicoat e Charles Leclerc (que também estão deixando o kart), Stroll pode acabar em uma categoria esvaziada em termos de qualidade. A consequência é poder sofrer no próximo passo da carreira para recuperar o tempo perdido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s