Descobrimos o segredo do bom desempenho de Picariello
Alessio Picariello comemorava as vitórias com adesivos do Pikachu

Aproveitando o Natal, vamos a um post mais leve aqui no World of Motorsport. Sebastian Vettel encontrou uma maneira curiosa de comemorar as vitórias na temporada 2013 da F1. Além dos zerinhos, algo que se tornou marca registrada do alemão no final do campeonato, ele decidiu colocar um adesivo no carro para cada triunfo obtido. No final do ano, o germânico recheou a coleção e terminou com 13 carinhas felizes dentro do cockpit.

Isso, na verdade, não é algo novo no esporte a motor. O próprio alemão, quando ainda disputava as categorias de base, resolveu fazer algo parecido no carro da F-BMW. Como ele venceu 18 das 20 corridas do ano de 2004, dá para imaginar que não sobrou muito espaço livre no carro.

Quem também fez algo parecido neste ano foi Alessio Picariello, piloto belga que disputou a Adac Masters. Competindo pela mesma equipe Mücke que levou Vettel ao título de 2004, o garoto não desapontou e conquistou o título com 12 vitórias.

Os adesivos de Vettel no cockpit
Os adesivos de Vettel no cockpit

Para comemorar essas conquistas, Picariello teve uma ideia semelhante. Para cada vitória obtida, ele colocaria um adesivo do Pikachu, do jogo/anime Pokémon, no carro. E por que ele escolheu o ratinho elétrico? É que esse é um velho apelido da Picariello da época em que ele passava menos tempo nos carros e mais tempo jogando Pokémon com os amigos.

“Nós costumávamos jogar Pokémon quando corríamos de kart e nos dávamos apelidos. Eu passei a ser chamado de Pikachu já que sempre usava macacão e capacete amarelos e mantive isso até hoje”, explicou Picariello.

Bom, ouvi dizer que Vettel também cogitou usar adesivos de Pokémon para comemorar as vitórias. Mas ele desistiu quando soube que a Nintendo havia inventado apenas 718 personagens, então provavelmente algumas vitórias ficariam sem marcação…

Vettel na F-BMW. Não sabe brincar
Vettel na F-BMW. Não sabe brincar