Charles Leclerc vai correr de F-Renault em 2014
Charles Leclerc vai correr de F-Renault em 2014

Para quem gosta de automobilismo, o fim de ano é sempre um prato cheio. Embora seja um período sem corridas, é aquele momento em que todas as especulações parecem se tornar mais sérias, até mesmo porque pilotos e equipes sabem que não têm muito tempo para resolver a vida.

Se a F1 é a grande estrela da pré-temporada, com vagas na Lotus, Sauber, Force India, Caterham e Marussia indefinidas, as categorias menores também se agitam. E um dos momentos mais importantes é ver para onde vão os garotos que dominaram o kartismo nos últimos anos.

Isso não é por acaso. As negociações de hoje podem determinar o que vai acontecer na F1 – e nas demais categorias top – em muitos anos. Também é um bom momento para olhar as tendências no esporte a motor e ver como o automobilismo de base vai funcionar em 2014, 2015, 2016…

E quem inaugurou os anúncios oficiais foi Charles Leclerc, monegasco apenas 16 anos de idade. Enquanto fez carreira no kartismo, o garoto conquistou diversos títulos europeus e mundiais, mas o que chama a atenção é que ele é empresariado por Nicolas Todt, o mesmo de Felipe Massa, Pastor Maldonado, Jules Bianchi e James Calado.

Todt, na verdade, não é alguém novo em ajudar jovens pilotos. Pelo contrário. O empresário é o dono da equipe ART, com presença na GP2, GP3 e que recentemente passou a inscrever um time na F-Renault (tanto na NEC quanto na Eurocup). Então, nada mais natural que Leclerc fizesse a estreia nos monopostos pela escuderia do chefe, certo?

Errado! Leclerc, na verdade, foi anunciado pela Fortec para pilotar na F-Renault Alps no ano que vem. Ou seja, Todt tem uma equipe na mesma modalidade, mas ela não serve para o garoto. Que coisa, não?

Mas há uma explicação para isso. Alguns pilotos vindos do kart têm escolhido a Alps no lugar da NEC por causa do número a mais de treinos. Por mais que a NEC possa ser mais competitiva e corra em mais circuitos do calendário recente da F1, esse tempo a mais no carro é visto como fundamental para quem está fazendo a transição. Ou seja, mesmo que Todt tenha uma equipe de F-Renault, ele entende que é melhor os pilotos terem mais tempo de pista em um primeiro momento.

Só que aí eu me pergunto. Se os pilotos de Todt estão indo para a F-Renault Alps, como ele vai convencer algum garoto vindo do kart a correr para ele na NEC?