Questão de calendário

Foto de Bruno Terena/Vicar
Enquanto o mundo está em Macau, a F3 Sudam corre em Cascavel

Nos últimos meses, alguns jogadores de futebol, chamados de Bom Senso Futebol Clube, têm realizado manifestações dentro e fora dos campos pedindo por mudanças no calendário esportivo brasileiro para que eles tenham melhores condições de trabalho. Na última semana, foi a vez de alguns atletas do basquete se juntarem ao movimento.

Quem também deveria ter motivos para reclamar são os pilotos. Ao contrário do futebol – em que os jogadores jogam exageradamente –, o pessoal do automobilismo podia pedir por uma construção mais inteligente do calendário aqui no Brasil.

Um bom exemplo disso está acontecendo neste fim de semana. Enquanto o mundo das categorias de base está com as atenções voltadas ao GP de Macau de F3, aqui no Brasil a F3 Sudamericana está disputando a etapa de Cascavel. O que obviamente inviabiliza a participação de algum piloto em ambos os eventos.

Levando em conta o histórico recente, é verdade que ninguém saiu da F3 Sudam para correr em Macau no mesmo ano. No entanto, só por haver o choque de datas, isso já se torna algo incogitável.

Mas esse não é o maior prejuízo para a F3. Enquanto a categoria aqui da América do Sul ainda está no clima da decisão do campeonato, todas as equipes da Europa de F-Renault e F3 já estão trabalhando no planejamento de 2014 há muito tempo. Basta ver, por exemplo, os inúmeros treinos que Max Verstappen já fez.

Não é preciso dizer que os pilotos brasileiros, quando começarem a olhar para o ano que vem, vão estar atrás. Aí sobra equipes fracas e médias e caímos naquele ciclo constante da falta de renovação.

O caminho oposto também é válido. Com o automobilismo europeu funcionando nesta pós-temporada, e a F3 Sudam ainda na decisão do campeonato, a categoria também fica atrás na hora de atrair pilotos. Assim, ou mira kartistas e gente das categorias menores do Sul, ou perde nessa disputa para os campeonatos estrangeiros.

A CBA já anunciou que no mês de dezembro vai fazer o lançamento da ‘nova’ F3 Sudamericana. O jeito é torcer para que nesse pacote novo também haja um calendário mais inteligente.

2 comentários sobre “Questão de calendário

  1. Não seria mais interessante transformar a F3 Sudam em um campeonato de verão? Correndo durante as férias das outras categorias, iria atrair pilotos de todo o mundo (que fossem disputar outras F3 na Europa) e ainda teria mais atenção da mídia, pois atuaria sozinha numa entressafra de eventos esportivos.

    Curtir

    1. Já existe um evento assim que é o F3 Brazil Open, mas é muito fraco porque é mal divulgado apesar da organização ser primorosa e ainda integrar a programação do Paulista de Velocidade. Deveriam focar no F3 Brazil Open e atrair os times de fora pra participar do evento em sí ao invés de criar um torneio paralelo.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s