F1 2013 no Japão

Acho incrível como Taki Inoue passou de um F1 Reject para alguém amado pelo paddock e pelos fãs
Acho incrível como Taki Inoue passou de um F1 reject para alguém amado pelo paddock e pelos fãs

Está ficando bastante complicado fazer esses textos antes das corridas de F1. Convenhamos, o que eu posso falar? No momento atual, Sebastian Vettel e a Red Bull chegam a Suzuka favoritíssimos absolutos à vitória e dificilmente eles não vão conquistar a vitória. Da mesma forma, é questão de tempo para que o título de 2013 seja definido em favor do alemão.

Até o histórico dele em Suzuka não deixa muitas margens para os adversários. Nas quatro vezes em que ele correu no traçado japonês pela Red Bull, venceu em três – sempre largando da pole-position – e na outra garantiu o título matematicamente mesmo terminando na terceira posição.

Dessa vez, a situação é um pouco diferente. Para ficar com a taça neste fim de semana, o alemão precisa vencer a prova e ainda torcer para que Fernando Alonso não vá além da nona posição. Ou seja, mesmo que o título não seja definido, é difícil esperar um resultado diferente que triunfo rubro-taurino.

Dito isso, para quem espera alguma disputa na madrugada de sábado para domingo, o importante é saber quais pilotos podem incomodar Vettel na luta pela vitória no sábado. A resposta é nenhum.  Brincadeira, sempre é possível ter alguma emoção na prova se as outras equipes colaborarem.

Uma delas é a Mercedes. Como sempre, o time de Brackley tem mostrado um bom desempenho nos treinos livres, embora ainda um pouco atrás da Red Bull. Levando em conta que eles não tenham problemas com os pneus, se algo sair errado com Vettel, então Lewis Hamilton e Nico Rosberg podem estar no lugar certo e na hora certa para vencer a prova.

Quem também pode surpreender é Mark Webber. O australiano segundão quer se despedir da F1 com uma vitória, e o GP do Japão é uma dessas pistas em que ele anda bem. Segundo a própria Red Bull, Suzuka é a pista em que o desempenho dele mais se aproxima ao de Vettel nessa fase de campeonato.

A1 GP do Japão
A1 GP do Japão

Por fim, temos a Lotus. A escuderia inglesa, com o novo carro com maior distância entre-eixos, chegou a incomodar o líder do campeonato em Yeongam, fazendo algumas voltas mais rápidas, principalmente a partir do momento em que os pneus começam a se desgastar. O problema é que na Coreia do Sul Kimi Raikkonen largou apenas em décimo e precisou fazer uma prova de recuperação.

Ou seja, se ele se classificar bem no Japão, então pode ser um candidato ao triunfo. E após os treinos de sexta-feira, o finlandês já disse que está animado com o ritmo da Lotus com tanque vazio. Bom sinal.

Fernando Alonso, por outro lado, parece cada vez mais longe de vencer. O desempenho do espanhol na Coreia do Sul – onde tomou pau da Sauber – não foi bom e no Japão, com a rodada no segundo treino, parece não ter melhorado. Por isso, talvez o mais interessante neste domingo será ver se o espanhol consegue evitar o título de Vettel neste fim de semana.

Falando no erro de Alonso, essa deve ser uma das tônicas da prova. Os treinos livres de sexta-feira foram marcados por diversos acidentes – algo incomum para essas atividades – o que pode indicar uma corrida acidentada e até mesmo com entradas do safety-car. Embora isso não mude drasticamente o resultado da prova, é interessante ver como as equipes vão liderar com isso em termos de estratégia.

De qualquer jeito, meu palpite para o fim de semana é vitória de Sebastian Vettel, como Raikkonen e Hamilton no pódio. E o seu? Deixe nos comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s