Danilo Estrela e Scott Hargrove estiveram lado a lado na largada. Ainda em paz nesse momento
Danilo Estrela e Scott Hargrove estiveram lado a lado na largada. Ainda em paz nesse momento

Danilo Estrela chegou a Mid-Ohio de olho no título da temporada 2013 da USF2000. Após a vitória na última etapa, em Toronto, o brasileiro havia assumida a vice-liderança do campeonato, com 136 pontos, 37 atrás do líder do campeonato, Scott Hargrove. E conquistar um bom resultado neste último fim de semana era fundamental, já que se trata da única rodada tripla do ano.

O fim de semana até começou bem para o piloto de Goiânia, que conquistou a quarta colocação no grid de largada, embora Hargrove tenha ficado com o terceiro tempo na classificação. O problema é que as boas notícias para o brasileiro terminaram aí.

Na primeira corrida, Danilo estava em terceiro, faltando duas voltas, quando tentou ultrapassar Neil Alberico e quase acabou acertando Hargrove. Por causa da manobra, o brasileiro abandonou a corrida, enquanto o líder do campeonato precisou desviar pela brita para continuar na prova.

A direção da USF2000 considerou Estrela como culpado pelo acidente e não só retirou o ponto marcado pelo brasileiro como também o colocou em observação até o fim do campeonato. Hargrove, por sua vez, foi apenas o 17º. A vitória ficou com Alberico, seguido por RC Enerson e Jason Wolfe.

A situação do piloto não melhorou na segunda bateria. Na tentativa de se recuperar do incidente da prova anterior, Danilo acabou se envolvendo em um toque nas primeiras voltas e precisou parar nos boxes para trocar o bico. Resultado: 27ª colocação, enquanto Alberico fez a dobradinha, seguido por Hargrove e Peter Portante.

Bom, ainda restava uma corrida. Talvez desse tempo para conquistar um bom resultado e minimizar o prejuízo, não é mesmo? Só que todos os pilotos do grid devem ter pensado dessa maneira. Assim, um acidente envolvendo 11 carros na primeira volta acabou com as chances de o goiano tentar se recuperar.

Vencedor do Team Canada de 2012, Garrett Grist venceu pela primeira vez
Vencedor do Team Canada de 2012, Garrett Grist venceu pela primeira vez

Quem não teve nada a ver com a batida foi Garrett Grist, que conquistou a primeira vitória da carreira na categoria. Hargrove foi o segundo, com RC Enerson retornando ao pódio. Um dos destaques da terceira bateria acabou sendo Felipe Donato, que fechou com a quinta posição, obtendo o melhor resultado no certame. Arthur Oliveira foi o 13º.

Como já deu para perceber, a etapa de Mid-Ohio praticamente acabou matando qualquer chance de título do brasileiro. Faltando apenas as etapas de Laguna Seca e de Houston, Estrela caiu para a quarta colocação do campeonato, com 138 pontos. Hargrove, por outro lado, disparou ainda mais na ponta, com 227. Alberico, com 181, é o segundo e Garrett Grist, o terceiro, com 151.

Apesar de as chances de título terem ido embora, o brasileiro tem bons motivos para celebrar a temporada de 2013, ao ter brigado pela taça – e tendo conquistado uma vitória – mesmo estreando no certame. É claro que o primeiro lugar no fim do ano vale muito, pois é a garantia de dar prosseguimento à carreira com a bolsa do Road to Indy para andar na Pro Mazda, mas nada que tire o mérito dos resultados conquistados. Basta ver na tabela de pontos que outros pilotos mais badalados não tiveram o mesmo rendimento nessa temporada de estreia.

Para encerrar, neste fim de semana de Mid-Ohio, nem tudo foram maus resultados para os pilotos brasileiros. Depois de abandonar a primeira corrida da rodada dupla por causa de um problema mecânico, Nicolas Costa conquistou o segundo pódio da carreira na Pro Mazda com a terceira colocação na segunda bateria.

Agora os dois campeonatos do Road to Indy se separam. Enquanto a Pro Mazda já volta à pista neste próximo fim de semana em Trois-Rivières, a USF2000 terá um intervalo um pouco maior com a etapa de Laguna Seca marcada para 6 e 7 de setembro.