Conor Daly não ligou para possíveis punições e celebrou a vitória em Valência
Conor Daly não ligou para possíveis punições e celebrou a vitória em Valência

Antes de a F1 correr em Montreal na disputa do GP do Canadá, a Associação das Equipes (FOTA) organizou um daqueles encontros com torcedores, não só para aproximar os pilotos e membros das escuderias dos fãs, mas também para ouvir o que as arquibancadas pensam sobre a categoria.

Um dos convidados do encontro foi Nico Rosberg. Depois de conquistar a vitória no GP de Mônaco e três poles consecutivas, o piloto da Mercedes foi questionado por um torcedor sobre qual regra da F1 ele mudaria. O alemão não titubeou e respondeu que se pudesse alterava a medida que proíbe celebrações na volta de desaceleração após a prova.

A resposta não foi por acaso. Ela aconteceu algumas semanas depois de a FIA ter investigado Fernando Alonso no GP da Espanha, quando o piloto da Ferrari recebeu uma bandeira do país após ter triunfado.

Enquanto muitos torcedores, jornalistas e outros pilotos se colocaram a favor da medida, nada parecia mudar na F1. Aí quem apareceu foi o jovem Conor Daly, que disputa a GP3 pela ART Grand Prix. O americano disse que se vencesse alguma vez, em 2013, ia celebrar da mesma maneira como acontece na Indy ou na Nascar, fazendo zerinhos na pista, mesmo sabendo que poderia ser punido por causa disso.

Coincidentemente, a GP3 foi à pista no último fim de semana, no circuito Ricardo Torno, em Valência, em uma etapa em que, nem a F1, nem a GP2 competiram. E quem brilhou foi justamente Daly. Largando da pole-position, o americano não encontrou adversários e venceu de ponta a ponta a primeira bateria, com direito a dobradinha da equipe francesa, já que Facu Regalia terminou em segundo.

Consequentemente, neste momento todo mundo queria saber se o americano ia cumprir a promessa. E ele fez. Daly não se importou com possíveis punições e comemorou a vitória em frente à torcida (?) fazendo alguns zerinhos. Depois voltou ao pódio, onde recebeu a taça normalmente.

Conor Daly celebrando na GP3
Conor Daly celebrando na GP3

Não dá para dizer que tenha havido algum tipo de censura, mas a comemoração da GP3 foi flagrada apenas pelas câmeras. Depois disso, o site da categoria não mencionou a celebração do piloto – nem alguma eventual punição –, tampouco houve alguma pergunta na entrevista coletiva sobre o momento de alegria.

De qualquer forma, é bom ver que alguns pilotos não levam a regra tão a sério e fazem justamente o que a torcida havia pedido, um genuína comemoração.

P.S.: aqui você pode ver o vídeo da comemoração