Michael Self venceu a etapa da Iowa da Nascar East e West
Michael Self venceu a etapa da Iowa da Nascar East e West

Não é de hoje que as rodadas duplas surgiram no automobilismo. Como uma forma de baratear os custos do esporte, diversas categorias ao redor do mundo tiveram a ideia de fundir duas etapas em uma só. Assim, os pilotos passavam por alguns treinos antes da classificação e de duas corridas no mesmo fim de semana.

Essa é uma situação em que todo mundo saiu ganhando. As equipes passaram a gastar menos em termos de logística, os pilotos puderam ter mais corridas ao longo do ano e os torcedores nos autódromo ganharam a chance de ver mais disputas sem precisar pagar o dobro.

No sucesso das rodadas duplas surgiram as rodadas triplas – presentes em diversas categorias de base, além do automobilismo inglês e australiano – e até mesmo fins de semana com quatro provas, como acontece na V8 Supercars.

Só que tudo isso já é conhecido. No último fim de semana, porém, vi algo pela primeira vez no automobilismo: uma rodada dupla disputada em autódromos diferentes.

Isso aconteceu na Nascar West, uma das divisões de acesso do principal campeonato de turismo dos Estados Unidos. A quarta etapa do certame estava marcada para a sexta-feira, dia 7, na pista de Iowa. Essa é uma corrida clássica das divisões menores, pois junta à pista os pilotos da Nascar East e da Nascar West. É uma boa forma dos principais nomes de cada campeonato terem um parâmetro de como estão os adversários do outro.

No passado, essa corrida já reuniu diversos pilotos da Sprint Cup, como Kyle Busch, Kasey Kahne, Kevin Harvick e Aric Almirola, além das jovens revelações de cada um dos certames. Neste ano foi um pouco diferente, não tendo nenhum nome de peso na competição. Ainda assim, ela recebeu um grid cheio, com 42 carros.

Apesar de toda a empolgação com a corrida conjunta, pilotos e equipes da Nascar West tinham outra preocupação na cabeça. É que a quinta etapa do campeonato estava agendada para acontecer apenas dois dias depois, no domingo, dia 9, no oval de I-44, localizado no estado do Missouri.

Ou seja, as equipes tiveram que empacotar as coisas correndo após a prova de Iowa, sair correndo rumo ai Missouri – cerca de 5h de viagem – onde andariam apenas dois dias depois. Desnecessário dizer como um acidente poderia ser desastroso para qualquer competidor. Para piorar, a própria prova de Iowa estava em risco. Como a previsão era de chuva, se a corrida fosse adiada para o sábado, possivelmente as escuderias seriam obrigadas a escolher apenas uma etapa para tomar parte.

Dois dias depois, olha onde Self esteve
Dois dias depois, olha onde Self esteve

Mesmo com a chuva rondando, as corridas aconteceram sem maiores problemas. E veja você que coincidência. Em Iowa, a vitória ficou com Michael Self, do programa de jovens pilotos da equipe de Richard Childress. Para terminar na frente, o americano ultrapassou Brett Moffitt na relargada da metade da prova e ainda precisou segurar Dylan Kwasniewski, nas voltas finais, para receber a bandeira quadriculada na frente.

De quebra, essa foi a primeira vitória de um piloto da Nascar West nas corridas combinadas em Iowa. Em todas as outras tinha vencido algum representante da Nascar East. Apesar disso, Self não teve muito tempo para comemorar, já que logo precisou pegar a estrada para chegar em I-44 para a segunda corrida do fim de semana.

Depois de muito cansaço e mais um dia de treinos, adivinha quem terminou na frente também no Missouri? Pois é, Michael Self.  Na segunda corrida em três dias, o americano se aproveitou de um toque entre Cameron Hayley e Greg Pursley para herdar a ponta e cruzar a linha de chegada na frente.

Com os dois triunfos consecutivos, o piloto tem ótimos motivos para comemorar, afinal, agora ele é o líder do campeonato, com 212 pontos, um a mais que Derek Thorn, o segundo colocado.

A nota triste do fim de semana foi a diminuição no número de carros. Enquanto a etapa de Brainerd teve 19 participantes, Iowa registrou apenas 15 representantes da Nascar West, enquanto 16 carros estiveram em I-44.