Efeito Danica na Austrália

Casey Stoner é o único motivo pelo qual a Dunlop Series ficou conhecida no mundo
Casey Stoner é o único motivo pelo qual a Dunlop Series ficou conhecida no mundo

Quando Danica Patrick disputou a Nationwide de forma integral no ano passado – e já havia largado na pole-position em Daytona – a principal reclamação dos pilotos era que ela monopolizava as atenções. Ou seja, não importava a qualidade do grid, mesmo contando com nomes como Justin Allgaier, Sam Hornish Jr e o campeão Ricky Stenhouse, todo mundo só falava da americana.

De qualquer forma, é inegável que já naquela época a Nationwide tinha uma penetração no mundo razoavelmente grande. Hornish, Allgaier e Stenhouse podem não ser pilotos famosos para um torcedor comum, mas são nomes razoavelmente conhecidos, já que estão no esporte faz algum tempo.

Mas o que dizer da Dunlop Series, a equivalente à Nationwide na V8 Supercars da Austrália, uma categoria que praticamente ninguém nunca ouviu falar? É que agora ela está em evidência, pois Casey Stoner, bicampeão da MotoGP, vai correr por lá neste ano enquanto se prepara para pular para a categoria principal.

Nesta semana, a V8 Supercars disputa a abertura do campeonato 2013 naquele velho conhecido circuito de rua de Adelaide. Stoner, evidentemente, esteve presente nos treinos e não fez feio. O agora piloto da Holden conquistou a nona colocação no primeiro treino livre e avançou ao oitavo posto na segunda atividade, isso em um grid de 30 carros.

O curioso dessa história é que o resultado da Dunlop Series rodou o mundo, obviamente pela presença de Stoner. Quanto aos treinos da divisão principal da V8 Supercars, ninguém faz ideia de quem foi o mais rápido. Aliás, o próprio líder da divisão de acesso foi um mistério. Pouca gente ficou sabendo que Chaz Mostert e Dale Wood comandaram as atividades. Menos pessoas ainda fazem ideia de quem são esses caras. Assim, não deixa de algo parecido ao efeito Danica, mas agora na Austrália.

De qualquer forma, há algumas diferenças entre esses dois casos. Inegavelmente, Danica já conseguiu resultados expressivos na Nascar, como as poles em Daytona e um top-5 na Nationwide. Stoner ainda está zerado, embora a perspectiva é de obter resultados promissores já nesta etapa.

Além disso, a expectativa é que o australiano tenha uma carreira duradoura nessa nova empreitada, que não só pule para a divisão principal, mas que também possa brigar por vitórias e títulos em alguns anos.

3 comentários sobre “Efeito Danica na Austrália

  1. “O curioso dessa história é que o resultado da Dunlop Series rodou o muito, obviamente pela presença de Stoner.”
    “Rodou o muito”?
    =}

    Curtir

  2. Acho que em breve, talvez, esse efeito ocorra na Stock Car Brasil. Não sei como ela repercurte fora do Brasil, mas os resultados de Barrichello podem atrair a mídia internacional para ele. É como disse, não sei se as pessoas lá fora conhecem Thiago Camilo, Cacá e cia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s