O dramático final da F-Renault Eurocup em 2012

Daniil Kvyat e Stoffel Vandoorne chegaram a Barcelona com chances de título

Geralmente eu costumo dizer que o responsável pelo calendário da World Series by Renault – e suas categorias menores – merece um prêmio. Afinal, é terrível acompanhar uma decisão de campeonato em Barcelona, um lugar em que ninguém passa ninguém. Ou seja, a gente passa meses acompanhando as categorias, daí monta todos aqueles cenários possíveis para a decisão, mas a corrida final é um lenga-lenga sem maiores emoções.

Mas o que dizer da corrida decisiva da F-Renault Europeia? Foi drama de início ao fim, com o título sendo definido nos momentos finais.

Vou tentar resumir o que aconteceu. Na segunda prova da etapa de Barcelona, para ser campeão, Stoffel Vandoorne tinha que chegar ao pódio independentemente do resultado de Daniil Kvyat. O russo, por sua vez, precisava justamente do contrário. Se ele não terminasse entre os três primeiros, o belga seria campeão.

A prova começou a ficar emocionante antes mesmo de começar. Kvyat marcou a pole-position, enquanto Vandoorne se classificou apenas em 16º. No entanto, caiu um tremendo temporal antes da largada, e virou um verdadeiro salve-se quem puder na pista. O russo manteve a ponta no começo da prova, enquanto o belga subiu para a sexta colocação ainda na primeira volta.

O problema é que Vandoorne começou a perder rendimento e passou a ser pressionado por um adversário. Os dois acabaram se tocando, o belga abandonou ainda na segunda volta. Com isso, Kvyat colocou uma mão na taça e era só seguir tranquilo para a bandeirada, certo? Errado! O garoto da Red Bull acabou punido com um drive-through e viu a possibilidade de perder toda a vantagem que havia aberto.

Vandoorne cometeu um erro enquanto brigava por posições intermediárias

Só que ele deu toda a sorte do mundo e quando se dirigiu ao pit-lane para cumprir a punição, o safety-car foi acionado por causa de um acidente no meio do pelotão. Isto é, todos os pilotos diminuíram o ritmo, e ele pôde retornar à pista ainda na terceira colocação, mas como os dois ponteiros bem à frente.

Na relargada, Kvyat passou os dois adversários sem maior problema e partiu rumo ao título. Mas o drama não parou por aí.  O safety-car, na verdade, acabou matando as chances do russo de ser campeão. Explico. Como o pelotão foi reagrupado, ficou claro que o carro da Koiranen não era o que tinha o melhor acerto para pista molhada e ainda sofria com a degradação dos pneus de pista molhada, que estavam sendo obrigados a funcionar em um asfalto que secava.

Se o caro de segurança pareceu que ia salvar Kvyat da punição, acabou acontecendo justamente o contrário. Acabou entregando-o aos leões. Assim, foi uma questão de tempo para que ele fosse ultrapassado por Oliver Rowland, William Vermont e pelo brasileiro Felipe Fraga, que deu a punhalada final.

O desespero do belga enquanto via os problemas de Kvyat era notável

A cada posição que o piloto perdia, Vandoorne esboçava um leve sorriso nos boxes. No final, Kvyat terminou a corrida em uma horrível oitava colocação e viu o adversário poder celebrar o título. Para piorar, o jejum de triunfos da Red Bull na F-Renault Europeia continua. A última vez que os rubro-taurinos triunfaram por lá foi em 2007, com Brendon Hartley.

De qualquer forma, seja qual fosse o resultado, os dois garotos deixam 2012 em alta. Para se ter uma ideia do domínio de ambos, Kvyat terminou o ano com o vice-campeonato e 234 pontos marcados. O terceiro colocado na classificação foi justamente Rowland, que somou apenas 109, menos da metade do russo.

Assim, não há muitas dúvidas de que tento Vandoorne – que deve seguir para a World Series – quanto Kvyat – na F3 Inglesa – não terão maiores problemas para continuar a carreira. Para o russo, aliás, ainda fica o prêmio de consolação por ter sido o campeão da F-Renault Alps. É um campeonato menor, tem menos importância, mas é uma taça do mesmo jeito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s