A primeira vitória de Nelsinho Piquet em um oval

Nelsinho Piquet se tornou o segundo estrangeiro a vencer na Truck Series, mas há estatísticas mais importantes que essa

No último final de semana, Nelsinho Piquet conquistou a primeira vitória da carreira em um circuito oval em uma etapa valendo pelas três principais divisões da Nascar. O brasileiro se aproveitou de uma estratégia de economia de combustível para triunfar na prova de Michigan da Truck Series.

Consequentemente, você já pode ter visto a estatística de que o piloto se tornou apenas o segundo estrangeiro a já ter vencido na categoria. É uma marca fantástica, claro, mas de certa forma relativa. A Truck Series foi criada apenas em 1995, então é natural que menos pilotos – incluindo nascidos fora dos Estados Unidos – tenham disputado esse certame.

Há, porém, outros números que podem contextualizar a conquista do brasileiro. Piquet é o primeiro estrangeiro a ter vencido tanto em um oval quanto em um circuito misto. As conquistas de Ron Fellows, Juan Pablo Montoya e Marcos Ambrose aconteceram apenas nos road courses, já Earl Ross – canadense vencedor de Martinsville em 1974 – e Mario Andretti ganharam somente em ovais.

Vale lembrar que Nelsinho já havia se tornado o primeiro estrangeiro a ganhar uma prova da Nationwide ou da Truck Series sem jamais ter disputado uma corrida da Sprint Cup.

Por fim, desde Juan Pablo Montoya, em 2007, um piloto vindo de uma grande categoria de monopostos não triunfava em duas divisões diferentes da Nascar. Naquele ano, o colombiano ganhou a etapa do Mexico, da Nationwide, e a de Sonoma da Cup. Não é nenhum demérito, mas o sul-americano segue sem vencer em ovais.

Por outro lado, outros nomes da Indy e da F1 também já conseguiram chegar ao Victory Lane. Scott Speed, por exemplo, é um dos casos mais famosos. O ex-piloto da Toro Rosso ganhou a etapa de Dover da Truck Series, em 2008, quando fazia apenas a sexta etapa da carreira na categoria. O desempenho do americano foi tão bom, que a Red Bull resolveu queimar etapas no desenvolvimento do piloto para logo jogá-lo na Sprint Cup.

Da Indy, Sam Hornish é um dos mais vitoriosos pós-Stewart. O piloto da Penske acumulou um longo aprendizado tanto na Nationwide quanto na Sprint Cup, mas só recebeu a bandeira quadriculada na frente no último ano, em Phoenix, valendo pela divisão de acesso. Em 2012, ele está na luta pelo título, mas ainda não venceu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s