O mais novo desafio de Rafael Suzuki no Japão

Rafael Suzuki F3 Japonesa Toda
Uma das maiores dificuldades do retorno de Rafael Suzuki à F3 Japonesa é a defasagem do equipamento em relação aos rivais

Uma das notícias mais curiosas envolvendo o mercado de pilotos brasileiros foi o retorno da Rafael Suzuki à F3 Japonesa em 2012. Afastado das competições desde 2010, quando disputou o certame nipônico pela TOM’S, o paulista acertou com a equipe Toda para participar do novo campeonato.

O acordo foi fechado no último minuto, e Suzuki praticamente não participou da pré-temporada. Assim, ele estreia neste final de semana praticamente direto nos treinos livres, ao contrário dos principais adversários, que puderam testar desde o final do último ano.

Entretanto, essa não será a principal dificuldade do brasileiro. Suzuki é um dos dois pilotos a disputar a divisão principal da F3 Japonesa com o agora antigo F308, já que as principais equipes adotaram o novíssimo F312 para a temporada. O outro piloto com o carro antigo é Ryugo Shimada.

Apesar dessa desvantagem técnica, o brasileiro conta com alguns pontos positivos para a nova temporada. Em primeiro lugar, ele conhece o F308 como ninguém, tendo disputado a F3 Alemã por dois anos e a F3 Japonesa em mais outro com esse mesmo chassi. Além disso, ele também não vai precisar se adaptar às pistas nipônicas, já que participou do certame em 2010.

Na ocasião, aliás, Suzuki não foi páreo para o companheiro de equipe, Yuki Kunimoto, mas conseguiu três vitórias ao longo do ano. O piloto só não ficou com o vice-campeonato, pois, por uma decisão orçamentária, a TOM’S optou por não disputar a última rodada da competição, em Autopolis, para correr no remodelado Korea Superprix. Só que o evento coreano foi cancelado, e o brasileiro ficou a ver navios.

Richard Bradley F3 Japonesa TOM'S
Curiosamente, foi Richard Bradley quem substituiu Rafael Suzuki na TOM'S e agora é o favorito ao título da F3

Agora, em 2012, será difícil repetir o desempenho da primeira passagem pela categoria, ainda mais com o equipamento defasado em relação aos principais rivais. Nos treinos realizados até agora em Suzuka, Rafael terminou com a quinta colocação em duas oportunidades, sendo 0s6 mais lento que o líder, Richard Bradley, que conta com um dos novos F312.

No entanto, o resultado é bastante animador. Há um parâmetro entre o F312 e o F308, que foi estabelecido pela Carlin, nos treinos coletivos da F3 Inglesa, em Snetterton, em março. Na ocasião, o time levou à pista os cinco F312 titulares – de Carlos Sainz Jr, Jack Harvey, Jazeman Jaafar, Pietro Fantin e Harry Tincknell –, além de um F308 equipado com motor Volkswagen, o mesmo utilizado nos carros principais. Por coincidência, era Bradley quem estava pilotando o carro antigo.

Na classificação final, o melhor resultado de Bradley em relação ao pior entre os demais pilotos da Carlin foi um déficit de 0s9. No primeiro dia de atividades no circuito inglês, o cingapuriano tinha terminado em nono, com o tempo de 1min41s429, enquanto Harry TIncknell fora o quinto, com 1min40s569. Lembrando que a principal diferença entre os dois era o chassi.

Assim, os 0s6 de desvantagem de Suzuki não parece um resultado ruim. Ainda mais para um piloto que não participou da pré-temporada. Por outro lado, não é possível determinar se houve algum tipo de equalização do equipamento por parte da organização da F3 Japonesa, para diminuir a perda de quem usa o chassi antigo.

Portanto, a partir de agora, a batalha do brasileiro será a cada treino tentar se aproximar o máximo possível dos adversários com equipamento novo. A efeito de comparação, Shimada, no outro F308, ficou longínquos 6s atrás do mais rápido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s