Etapa da Nascar em Bristol chateia torcedores

Brad Keselowski Matt Kenseth Bristol
Disputas lado a lado tornaram-se constante em Bristol, mas não agradaram os torcedores

A etapa de Bristol da Nascar agora é passado. Mas a edição 2012 da corrida no curto oval do estado americano do Tennessee voltou – como sempre – a reascender a discussão entre nova Bristol e velha Bristol.

Em 2007, a pista americana sofreu uma ampla reforma no traçado, onde as curvas que chegavam a 36º de inclinação deram lugar à chamada inclinação progressiva, ou seja, a angulação aumentava conforme se entrava na curva. Essa modificação permitiu que dois carros passassem voltas e mais voltas lado a lado em uma disputa.

O problema é que essa mudança não agradou aos fãs. Bristol é um oval curto e uma das premissas desse tipo de pista é a dificuldade de se ultrapassar. Como a Sprint Cup corre cada vez menos em ovais curtos, essa era uma das poucas oportunidades de os torcedores verem os principais pilotos da categoria disputando cada metro de pista. Por isso, corridas como aquela de 1995, quando Dale Earnhardt toca em Terry Labonte na volta final ficaram famosas.

Outra mudança causada pela reforma foi o fim dos acidentes. Com as ultrapassagens mais fáceis por causa da inclinação e da maior aderência, não existe mais a necessidade de dar um toquinho no adversário para passar. Agora, é só trabalhar lado a lado volta após volta que se o piloto tiver um carro mais rápido ele vai acabar passando.

A insatisfação dos fãs ficou clara em 2012. Pouco mais de 100 mil pessoas estiveram presentes no circuito, no domingo, para acompanhar a prova. Pouco, se levar em conta que as arquibancadas atendem 150 mil espectadores, e a etapa não tinha dificuldades para lotar há alguns anos.

Como a cidade de Bristol não é uma das mais interessantes para se visitar – só tem a própria pista praticamente –, nessa época de crise econômica, os fãs acabam poupando dinheiro para etapas mais interessantes, já que o espetáculo apresentado no circuito também já não é mais dos melhores.

Brad Keselowsk Bristol
Quem não pode reclamar das reformas em Bristol é Brad Keselowsk, que venceu as duas últimas corridas no local

A reforma no local, entretanto, agradou uma pessoa: Brad Keselowski. Falando agora sobre o que aconteceu na pista, o piloto da Penske conquistou a segunda vitória consecutiva no oval. Se você não viu a corrida, basta clicar aqui para ler a história de como foi.

Se no primeiro triunfo, no final do ano passado, Kese foi acusado de explorar uma brecha no regulamento ao estourar – e muito – o limite de velocidade nos boxes por saber que havia poucos radares, agora o piloto foi dominante ao longo de toda etapa e não abriu margem para que a conquista fosse questionada.

O resultado é bastante importante para o piloto do Blue Deuce principalmente em termos de Chase. É claro que ainda é muito cedo para falar na parte final do campeonato, já que ainda estamos em março, mas esse tipo de resultado é a forma de Keselowski mostrar que ele já pode ser considerado um piloto dos principais escalões da categoria. Algo ao contrário do que aconteceu com Brian Vickers, Juan Pablo Montoya e Martin Truex Jr., por exemplo, que sumiram completamente depois de disputarem o Chase.

A próxima etapa da Nascar é na Califórnia, onde tradicionalmente os favoritos de sempre costumam ir bem. Deve ser mais um embate entre Hendrick e Roush-Fenway, mas Tony Stewart, Kyle Busch, Denny Hamlin e Kevin Harvick – e quem sabe Keselowski – também devem brigar pela vitória.

P.S.: nesta segunda-feira, dia 19, Bruton Smith, o magnata dono da pista de Bristol e de meio calendário da Nascar, anunciou investimentos de cerca de US$ 1 milhão para novas mudanças no circuito. Parece que o fracasso de audiência da prova e as recalamações dos fãs pesaram no bolso do chefão

5 comentários sobre “Etapa da Nascar em Bristol chateia torcedores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s