O divertido treino classificatório do GP da Austrália

Romain Grosjean GP da Austrália Melbourne
Confesso que torci para a pole-position de Romain Grosjean, assim como agora quero vê-lo vencer. Mas é preciso admitir que o planejamento da McLaren para 2012 deu certo

Não costumo fazer textos analisando o que acontece na F1. Tem um monte de gente que já faz isso – muitos mais gabaritados do que eu –, então acabaria falando apenas mais do mesmo. Quem diria falar algo tão pontual quanto um treino classificatório.

Pois bem, hoje abro uma exceção. Confesso que eu me diverti no treino classificatório para o GP da Austrália ao ver a frustração da Ferrari, o erro de Kimi, o picolé de chuchu da Red Bull, a superação de Romain Grosjean e o domínio da McLaren. Por causa dessa euforia escrevi palavras inúteis e repetitivas que você já deve ter lido por aí.

Se você não quiser perde tempo por aqui, só descer o scroll do mouse que o próximo post é sobre a Pamela Anderson e tem as pernas dela de fora. Faça bom proveito!

Ok, se você ficou para ler meu texto, eu agradeço muito, então trago algumas informações úteis que ajudam desvendar o que aconteceu no Albert Park.

A McLaren nunca escondeu que o objetivo na criação do MP4/27 era fazer o carro ser rápido em apenas uma volta. Justamente a decisiva no Q3 do treino classificatório. Ao final de 2011, a equipe inglesa julgou que o ritmo de prova era melhor que o da Red Bull, mas a principal dificuldade que Jenson Button e Lewis Hamilton era acompanha o ritmo de Sebastian Vettel, já que o alemão conseguia abrir caminho por largar na pole-position.

Ao que tudo indica após esse primeiro treino, a tática da McLaren deu certo. Quando a equipe adotou por um monocoque mais baixo fugindo do degrau no bico, também possibilitou acertos mais agressivos para essas voltas lançadas ao custo da aerodinâmica. Essa aposta deu resultado e Lewis Hamilton e Jenson Button dividem a primeira fila do grid de largada na Austrália.

Romain Grosjean Melbourne
Alguém mais ficou com a impressão de que Grosjean estava meio deslocado na comemoração?

Romain Grosjean, no terceiro lugar, é a surpresa que todo mundo já sabia. A Lotus cansou de andar na frente na pré-temporada e não tinha motivos para que fosse diferente hoje, a menos que eles tivessem blefado nos treinos coletivos. No preview do GP da Austrália, eu escrevi que a equipe inglesa era grande história desse início de temporada 2012 e torcia para o sucesso deles. Eles corresponderam, mas treino é treino e corrida é corrida.

Agora resta ver se Grosjean vai conseguir manter o resultado durante a prova e, principalmente, se a McLaren vai fazer bom uso do ar limpo por largar na frente. Se o time d Woking reclamou de passar 2011 perseguindo Vettel, eles são a presa agora.

Para finalizar, que belo carro é esse da Ferrari, hein? Meu deus, isso que o vexame só não foi maior porque Felipe Massa avançou ao Q2 devido a um erro de Kimi Raikkonen na volta rápida. Com a terceira colocação de Grosjean, alguém dúvida que o finlandês tinha condições de superar o brasileiro em situação normal?

4 comentários sobre “O divertido treino classificatório do GP da Austrália

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s