Pamela Anderson Racing

Pamela Anderson Downforce1
Pamela Anderson interpretando (?) a própria personagem no lançamento da equipe para a disputa da Le Mans Series

Você certamente já ouviu falar em Pamela Anderson. Dependendo da sua idade, você pode tê-la conhecido como salva-vidas da série Baywatch ou como sonho de consumo do repórter Borat, no filme ‘Borat – O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América (2006)’.

O que você talvez não soubesse é que a mulher é fascinada por carros de corrida. Pamela esteve presente em algumas etapas da Nascar e da F1, nos últimos anos, e pegou gosto pelo esporte. Agora a (ex-?)atriz resolveu entrar de vez no automobilismo, montando uma equipe de corrida.

Infelizmente, o time não recebeu o nome de Pamela Anderson Racing. A Downforce1 by Pamela Anderson – nome de batismo da escuderia – vai disputar a temporada 2012 da European Le Mans series com um Aston Martin, além de etapas do International GT Open.

Essas são as mesmas categorias em que Sébastien Loeb escolheu inscrever a própria equipe em 2012. Então, nesse planejamento inicial, parece que Pamela tomou a decisão correta.

A estrela das telas terá a companhia de David Prewitt e Markus Fux na nova escuderia. Admito que não faço a ideia de quem eles sejam, mas parecem pessoas bastante corajosas ao aceitarem montar uma equipe ao lado de uma atriz.

Pamela, no entanto, pode se inspirar em outra personalidade bastante conhecida. Em 2011, Paris Hilton anunciou uma parceria com a equipe Blusens para a disputa da categoria 125cc na MotoGP. O time contava com o experiente piloto Sergio Gadea e com o novato Maverick Viñales. Ninguém levou muita fé na apresentação da equipe, com todo rosa e glitter típicos da patricinha, mas eles surpreenderam.

Viñales venceu quatro etapas – incluindo as duas últimas da temporada 2011 – para terminar o ano na terceira colocação. Para 2012, o garoto se livrou de Paris Hilton, mas foi por uma boa causa. Ele assinou contrato com a Repsol e passou a fazer parte do programa de jovens pilotos da petroleira espanhola, braço da Honda na MotoGP.

Se a carreira do espanhol vingar, ele vai poder contar para os netos que recebeu de Paris Hilton a primeira oportunidade de competir. Imagina se Pamela Anderson também dá uma sorte dessas e vira uma espécie de mecenas do automobilismo? Ok, acho que não á para tanto.

Apesar disso, Pamela parece estar disposta a ter uma carreira mais longa que Paris como dirigente no esporte a motor. Mal anunciou a nova equipe e a atriz já afirmou que o objetivo é expandi-la, em 2013, incluindo uma divisão na Nascar.

Abaixo você pode ver o esquema de pintura do Aston Martin de Pamela Anderson:

Aston Martin Pamela Anderson

Um comentário sobre “Pamela Anderson Racing

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s