Novos carros da F1 2012 – HRT F112 e Marussia MR01

HRT F112 Hispania F1 2012
Depois de um longo a atraso, a HRT apresentou o equipamento para a temporada 2012 da F1. Mas chamar o F112 de carro novo talvez seja um exagero

O grid para a temporada 2012 da F1 finalmente está completo. Nesta segunda-feira, dia 5, HRT e Marussia mostraram pela primeira vez o carro que estará presente no novo campeonato da categoria. Além da apresentação para imprensa, os dois times também levaram os novos modelos à pista. Enquanto os espanhóis completaram dez voltas no circuito de Barcelona, os russos testaram em Silverstone.

De forma curiosa, as duas menores equipes optaram por fazer a apresentação dos carros justamente um dia após o fim da pré-temporada. A HRT justificou esse problema no cronograma alegando que não tinha todos os componentes para ir à pista durante as atividades da última semana por causa de um atraso no transporte das peças. A Marussia, por sua vez, não poderia participar dos treinos, já que o novo modelo, o MR01, ainda não foi aprovado nos crash-tests obrigatórios da FIA. Ainda assim, um dia depois o carro já esteve na pista.

Na realidade, é muito provável que as duas equipes tinham condições, sim, de participar dos treinos coletivos caso quisessem. Ao menos usando as configurações dos testes desta segunda. O que pode ter acontecido foi um novo atraso proposital para evitar comparações com as demais equipes.

São muitas as vantagens para essa tática. Esses dois times ganham mais tempo na preparação para estreia, podendo negociar com ou outro patrocinador de última hora. Que eles vão andar no fim do grid, todo mundo já espera, mas o quão ruim eles serão ainda é algo incerto. Desse jeito, a solução encontrada foi realizar apenas um shakedown antes do início da temporada para evitar qualquer tipo de falha mecânica no GP da Austrália.

Apesar disso, ao menos no que diz respeito à HRT, eles não precisavam ter tanta pressa para levar o carro à pista antes da primeira corrida. Afinal, o modelo apresentado hoje, o F112 é derivado do equipamento do ano passado.

Não é possível apontar o quanto do carro testado por Narain Karthikeyan é novo. Mas parece que a equipe reaproveitou muitas e muitas partes da última temporada. É como se eles tivessem pegado o modelo de 2011, adaptando-o para o novo regulamento da F1 e colocado algumas pequenas atualizações. A novidade mais fácil de perceber é a tampa do motor, que não tem mais a barbatana de tubarão.

HRT F111 Hispania F1 2011
Esse é o carro que Daniel Ricciardo usou em Abu Dhabi. Olhando bem, realmente dá para ver muitas semelhanças

No restante, o carro é bastante similar ao de 2011. Embora a suspensão traseira tenha sido completamente refeita, o resto dos componentes é bastante simples. Os sidepods seguem a linha do que havia sido usado no ano passado, com o escapamento agora posicionado na parte de cima – conforme manda o regulamento –, apontando para a parte debaixo da asa traseira. Ali, a caixa de marchas é a mesma da Williams de 2011, já que a nova peça desenhada pelo time inglês foi feita para o motor Renault e não mais para o Cosworth.

Ainda na traseira, um detalhe curioso é que o F112 não tem asa traseira móvel. A equipe pode ter escolhido não colocá-la ainda e implantá-la no futuro. É bastante possível. O problema é a definição de futuro. Narain Karthikeyan e Pedro de la Rosa vão poder contar com o artifício já no GP da Austrália ou serão obrigados a se arrastar ainda mais até meados da temporada?

Para terminar, outra característica bastante curiosa desse carro é que ele é alinhado para cima. Tomando a posição do cockpit e traçando uma linha reta até o degrau, há um aclive na HRT. Todos os demais são retos, menos a McLaren, que é em declive. A ideia deve ter sido permitir que mais ar fluísse pela parte debaixo do carro, mas mesmo assim a altura do F112 é bastante baixa. Por fim, há um leve degrau e asa dianteira é a mesma de 2011.

Com um carro parcialmente reaproveitado, a HRT pode ter algumas vantagens na primeira corrida. Eles sabem que o equipamento é confiável e têm uma noção de qual tempo precisam alcançar para não ficarem de fora do grid pela regra dos 107%, então a tendência é que o novo carro tenha sido pensado para garantir a participação nas corridas.

Claro que o time espanhol pode ter blefado e apareça em Melbourne com uma série de atualizações. Mas parece algo bastante incomum para a menor equipe da F1.

Marussia MR01 F1 2012
A grande novidade do novo carro da Marussia é a asa dianteira. A peça fica muito próxima do bico, longe do asfalto

A Marussia, por sua vez, tenta deixar o fim do grid mostrando algumas novidades no MR01. Elas começam pelo longo bico, muito maior que o da Ferrari, por exemplo. De forma curiosa, a asa dianteira é muito alta, está próxima do bico e distante do asfalto. Nenhum outro carro de 2012 tem esse tipo de solução.

Depois, a equipe também escolheu um degrau bastante suave, quase imperceptível, mas com a presença da borda em ‘V’, já empregada por equipes como a Force India. Assim, não é uma parte da frente reta como a McLaren, mas esse é um dos menores degraus da F1 em 2012.

Como a Marussia mais uma vez não terá Kers, então eles puderam optar por sidepods muito menores que o de 2011 e bastante enxutos. Além da abertura normal – a que leva ao radiador -, há um buraco logo embaixo que também terá função de resfriamento. No final das laterais estão os escapamentos, com a saída apontada para o assoalho. Com sidepods tão curtos, a Marussia foi capaz de deixar um espaço muito grande na parte traseira do carro para o ar fluir e chegar ao difusor.

Com essas novidades em relação a 2012, o objetivo dos russos é se aproximar cada vez mais da zona dos pontos (o que não quer dizer que eles não vão continuar distantes), afinal eles terminaram a temporada passada lutando com a HRT, enquanto viam a Caterham se distanciar cada vez mais. É difícil dizer qualquer coisa em termos de resultado, mas, no geral, resta sabe se os componentes do MR01 serão o suficiente para superar o conservadorismo da rival espanhola.

Para ver a apresentação do carro da Caterham para a F1 2012 basta clicar aqui. E para ver a apresentação do MP4/27, o novo carro da McLaren para a F1 2012, basta clicar aqui.  Os carros da Ferrari e da Force India na F1 2012 é só clicar aqui. Agora, se você estiver procurando sobre o novo carro da Red Bull é só clicar aqui. A Lotus está aqui. Por fim, Williams, Sauber e Toro Rosso estão aqui e Mercedes encerra a série aqui.

7 comentários sobre “Novos carros da F1 2012 – HRT F112 e Marussia MR01

    1. A GP2 está testando nessa semana em Barcelona. Começou hoje (terça) e vai até quinta. Como a HRT lançou o carro só na segunda, ele já estava na pista catalã e aproveitou para dar uma olhadinha no carro.. nunca se sabe o que o futuro reserva, não é mesmo?

      O cara de fone brancos é o De La Rosa. Ele realmente tem bons motivos para comemorar o carro estar funcionando

      Curtir

  1. A asa dianteira da Marussia é mais alta pra não quebrar quando atropelar as zebras nas saídas de pista! ehehe.

    São duas equipes de fundão que, juntas, não tem metade do charme e da competência da Minardi…

    Curtir

    1. É verdade, para quem não localizou, é o cara de amarelo com cabelo na metade da foto. Daqui alguns anos a gente já pode fazer piada dizendo que ele teve uma passagem pela HRT…

      Na metade da foto, tem três caras juntos. Um está com um iPhone branco tirando foto do carro. Do lado, o outro olha para o walkie-talk meio sem jeito como se tivesse acabado de tirar uma foto também…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s