No Texas, Tony Stewart provou que quer ser campeão

Carl Edwards Tony Stewart
Tony Stewart ultrapassou Carl Edwards no confronto direto no Texas e não pode ser acusado de que não quer ser campeão

No automobilismo, hora ou outra a máxima de ‘parecia que ninguém queria ser campeão’ é utilizada. Geralmente serve para retratar uma decisão de título onde os pilotos envolvidos tropeçam de forma conjunta e um passa a depender de erros ainda maiores dos adversários para garantir a taça.

Essa, no entanto, não é uma acusação que pode ser feita a Tony Stewart. De forma até mesmo surpreendente, o americano está na disputa pelo título da temporada 2011 da Nascar e agora chega a Phoenix apenas três pontos atrás do líder, Carl Edwards.

Stewart venceu incríveis quatro corridas das oito disputadas no Chase até agora, igualando o recorde estabelecido por Jimmie Johnson em 2007. O piloto começou triunfando em Chicagoland e em New Hampshire, mesmo depois de ter dito que seria apenas um coadjuvante na batalha pelo título. Na época, Stewart declarou que o sucesso da equipe se dava por ele ter se livrado de “peso morto” que estava atrapalhando o resultado. Só que o próprio piloto não deu maiores detalhes de sobre o que estava falando.

Depois veio o mais impressionante. O bicampeão venceu as corridas de Martinsville e do Texas com personalidade. Na primeira, ultrapassou Jimmie Johnson por fora na última relargada e, além de comemorar a conquista, praticamente selou a eliminação de chances de título do pentacampeão. No Texas, Stewart repetiu o movimento contra Edwards e conquistou importantes pontos pela vitória ao vencer o maior adversário em um confronto direto. Tony, assim, está mostrando que realmente quer ganhar esse título.

Após as duas primeiras vitórias, eu escrevi que Stewart não ainda não podia ser considerado favorito. Na época, realmente ele não podia. Após essas duas conquistas, o piloto foi apenas o 25º, em Dover, e terminou em 15º no Kansas. Em Charlotte e em Talladega, foram mais dois TOP 10 discretos, e se Stewart voltou à briga pelo campeonato foi principalmente devido aos acidentes dos rivais.

Além de tudo isso, o piloto ainda precisa quebrar um tabu sobre o líder do Chase após as duas primeiras etapas jamais ter conseguido conquistar o campeonato no fim do ano.

Faltando apenas duas provas, Edwards tecnicamente é favorito para ambas. No entanto, isso não quer dizer que Tony Stewart não possa conseguir bons resultados. Nos treinos em Phoenix, o piloto da Chevrolet esteve constantemente entre os mais rápidos, ao contrário do adversário. E vale lembrar que no Texas, o carro número 99 era o mais cotado para a vitória, então não tem nada definido.

Matematicamente, Kevin Harvick e Matt Kenseth ainda podem ser campeões, mas eles precisam de milagres nessas duas últimas etapas. O primeiro precisa descontar 33 pontos para o líder, enquanto o segundo está 38 atrás. Se eles não vencerem as corridas finais, vão precisar contar com improváveis 43º lugares dos ponteiros.

4 comentários sobre “No Texas, Tony Stewart provou que quer ser campeão

  1. Felipe, proponho uma pesquisa: Qual foi o último piloto a ganhar a ser campeão de uma categoria top pelo próprio time, quanto tempo faze isso?

    Curtir

  2. Maior surpresa do automobilismo no ano, em todas as categorias, Fat Stewart tá literalmente botando pra quebrar nesse final de ano. Ele é o franco favorito ao titulo, vive uma fase iluminada, vem de duas grandes vitórias e não dá pinta de que vá entrar em Phoenix com menos que 110% de vontade. Edwards é um excelente piloto, constante e inteligente, mas, mesmo líder, é azarão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s