O final dramático da World Series by Renault 2011

Jean-Eric Vergne e Robert Wickens
Fãs mais exaltados da World Series by Renault compararam o duelo entre Jean-Eric Vergne e Robert Wickens a Senna e Prost

A temporada 2011 da World Series by Renault terminou neste domingo, dia 9, confirmando a máxima de que as corridas decisivas desse certame são geralmente cheias de drama e emoção.

Na última prova do campeonato, em Barcelona, Robert Wickens alinhou na segunda colocação do grid com uma vantagem de nove pontos em relação a Jean-Eric Vergne, que sairia em quinto. Caso o canadense não somasse pontos, o francês precisaria justamente de um quinto lugar para ficar com a taça.

A decisão do título em si não durou muito tempo. Wickens largou mal, permitindo que Nick Yelloly tomasse a segunda colocação. Enquanto isso, JEV também aproveitou o vacilo do companheiro de equipe para tentar a ultrapassagem.

Wickens, por outro lado, não estava disposta a entregar a posição fácil. Os dois se tocaram antes mesmo de chegar à primeira curva, com os carros ficando pouco danificados. Na segunda parte do ‘esse’ inicial, o canadense mais uma vez bloqueou o piloto da Red Bull, mas não teve jeito.

Não é tão absurdo pensar que Wickens jogou o carro para se defender do novo ataque, mas a manobra não deu certo e a suspensão do carro quebrou. O piloto virou passageiro e foi ao encontro de Nathanaël Berthon, que capotou. Vergne, por sua vez, até conseguiu se manter em quinto por um tempo, mas o carro quebrado não tinha ritmo para acompanhar os ponteiros. Depois, Fairuz Fauzy tratou de eliminar o francês da prova, decidindo a taça em favor de Wickens.

Após a prova, alguns fãs mais exaltados compararam a decisão do campeonato deste domingo com os famosos enroscos entre Senna e Prost, em Suzuka. É claro que é um baita exagero, mas é legal ver que mesmo nas categorias de base os pilotos estão dispostos a fazer de tudo para conquistar o título.

Aliás, o resultado deste domingo serviu para duas coisas. Primeiro, enfim coroar Wickens, que já acumulava uma sequência incômoda de vice-campeonatos, começando pela F2 e passando pela GP3 nos últimos anos. A outra é provar de uma vez por todas que a World Series by Renault é bem mais legal que a GP2 e as corridas insossas. Apenas o Leandro Verde, fã declarado do Jules Bianchi, acha a GP2 melhor. P.S.: não leve esse último comentário a sério. P.S.2: Clicando aqui você pode tanto ver como foi a prova quanto ler a vida e obra do campeão Wickens.

Veja abaixo o vídeo do pega entre Robert Wickens e Jean-Eric Vergne, que quase decidiu o título da temporada 2011 da World Series:

2 comentários sobre “O final dramático da World Series by Renault 2011

  1. “A outra é provar de uma vez por todas que a World Series by Renault é bem mais legal que a GP2 e as corridas insossas. Apenas o Leandro Verde, fã declarado do Jules Bianchi, acha a GP2 melhor. P.S.: não leve esse último comentário a sério.”

    AAAARGH!

    Excelente final de temporada. Cereja no bolo de uma categoria superestimadíssima, heh.

    Parabéns ao Wickens, de qualquer maneira. Te vejo na GP2 em 2012, hehehe.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s