F1 2011 no Japão

E mais uma vez a F1 pode ser decidida em Suzuka
Suzuka

A F1 chega ao Japão para a etapa que pode definir Sebastian Vettel como bicampeão da categoria. Se em 2010, o piloto da Red Bull abusou dos erros e permitiu que o título fosse definido – de forma dramática – apenas na corrida final, em Abu Dhabi, neste ano, o alemão dominou de forma impressionante e pode conquistar a taça com quatro rodadas de antecipação.

Independente dos resultados que tiver nas últimas cinco corridas, Vettel só perde o título se Jenson Button vencer todas, o que é praticamente impossível. E ainda que o piloto da McLaren triunfe em todas essas etapas, o alemão só precisa marcar um ponto para assegurar a taça. Ou seja, Game Over desde já.

Ainda que a vantagem de Vettel seja bastante grande, o GP do Japão pode ser atípico, afinal é a chance de o alemão garantir o bicampeonato. É provável que caso o piloto da Red Bull não tenha o carro dominante, ele adote uma estratégia conservadora para tentar terminar em quarto ou quinto e levantar a taça. A outra opção é Vettel dominar desde o primeiro treino, marcar a pole-position e passear rumo à vitória, o que é bem mais provável.

No entanto, não importando qual das duas opções seja adotada pela Red Bull, Vettel vai evitar disputar posições desnecessárias. Isto é, correr um risco muito grande em uma corrida com tamanha importância.

Quem está disposto a correr riscos é Lewis Hamilton. O outro piloto da McLaren passou a semana bombardeado pela mídia por conta dos acidentes em Cingapura e ainda viu Felipe Massa afrontá-lo. Depois, o rádio da Ferrari vazou e a situação do brasileiro ficou bastante ruim, pois seu engenheiro o ordenara a “destruir a corrida de Hamilton”.

É claro que o engenheiro não falava literalmente, assim como é obvio que se Hamilton teve problemas em Marina Bay foi ele mesmo que causou. Mas essa confusão rendeu um extenso noticiário ao longo da semana. Minha opinião é que você não deve acreditar em tudo o que ler e ouvir por aí – exceto este blog. Se Galvão Bueno passa semana após semana falando que o piloto da McLaren está em má-fase e não tem condições mentais de pilotar um carro da F1, a imprensa inglesa encarna esse mesmo posto ao apontar as falas do engenheiro de Felipe Massa como criminosas e a atitude do brasileiro – de puxar briga – como deselegante.

Com Vettel, Button, Hamilton e Massa no centro das atenções, pouco pode se falar do pelotão do meio. De todas, o caso mais interessante é na Force India onde Paul Di Resta pode ultrapassar Adrian Sutil na tabela de pontos até o final de ano. É inegável que depois de Sebastian Vettel e Jenson Button, os pilotos mais valorizados em 2011 é justamente a dupla do time indiano, mas quem terminar atrás – principalmente Sutil (rapaz, como isso soou mal) – terá todas as desvantagens de ser a sombra do companheiro de equipe. Qual o problema disso? Basta lembrar que Nico Hulkenberg está sedento para voltar à F1.

A outra equipe que merece menção é a Renault, que teve um final de semana horrível em Cingapura e agora busca recuperação. Bruno Senna tem conseguido superar Vitaly Petrov com bastante facilidade, mas já cometeu erros tanto na Bélgica como em Marina Bay. A cúpula da equipe anglo-francesa já andou falando por aí que espera mais do brasileiro. O que é natural. Bruno tem chances de voltar aos pontos, principalmente se os rivais abandonarem. Do contrário, superar Petrov e chegar ao Q3 continuam sendo boas metas.

No pelotão de trás, não tem nada de interessante. O máximo é ver se Daniel Ricciardo consegue terminar na frente das Virgin, visto que o australiano já começa a superar regularmente o companheiro, Vitantonio Liuzzi.

Meu palpite furado para a corrida é pódio similar ao de Abu Dhabi. Vettel e os dois pilotos da McLaren. Em qual ordem? Vou apostar em Button, Hamilton e Vettel, mas acho que o alemão leva essa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s