F1 2011 na Itália

Monza
A pista de Monza originalmente era um oval, então a Renault deve ser favorita já que a Lotus KV corre na Indy e eles podem fazer algum esquema e.. (oh, wait, ignore isso)

A F1 chega à Itália para a última etapa da temporada europeia da categoria. Depois disso, os pilotos vão acrescentar palavras como aclimatação, fuso horário, jet lag e afins aos vocabulários. Antes de explorarem mais uma vez o mercado asiático, chegou a hora de mais uma visita à Monza.

O GP da Itália deste ano não tem nenhuma grande história nos bastidores. Jarno Trulli afirmou que vai fazer um anúncio, muita gente achava que ia ser sobre a aposentadoria, mas o italiano segue descartando deixar a categoria. A menos que ele esteja despistando a imprensa e os fãs, não deve ser nada demais.

Nas principais equipes, o marasmo é o mesmo. A vitória de Sebastian Vettel no GP da Bélgica, com direito a dobradinha da Red Bull, jogou um balde de água fria em quem esperava que ainda poderia ter uma disputa pelo campeonato. Em uma pista onde a equipe austríaca não era considerada favorita, eles dominaram com ampla facilidade.

Monza segue essa linha. A Red Bull não á favorita, mas todo mundo viu o que aconteceu em Spa. Supondo que Vettel de fato seja vencido na Itália, ele tem uma vantagem de mais de 100 pontos para Fernando Alonso e de 110 para Jenson Button. Portanto, a briga pelo título seguiria monótona.

Entretanto, isso não quer dizer que a corrida será ruim. Se a Red Bull não for avassaladora novamente, a prova pode até ser divertida, com uma série de ultrapassagens, como tipicamente é em Monza. Com duas zonas de asa móvel, Kers e pneus Pirelli, não seria surpresa se a corrida fosse cheia de carros lado a lado. Apesar disso, fica  a expectativa se os duelos serão pelas primeiras colocações ou apenas brigas pela 12ª posição.

Essa também é a última corrida que Bruno Senna terá tranquilidade. Embora o piloto já esteja garantido até o final da temporada, Romain Grosjean ainda vai correr na GP2 neste final de semana, então o brasileiro não terá comparação em relação ao francês. Em Cingapura, quando Grosjean assumir os treinos das sextas-feiras, as coisas pioram e o sobrinho do tricampeão terá aquela espécie de vestibulixo para a próxima temporada (que pode até mesmo ser definido no bom e velho quem paga mais). Um bom resultado para Senna seria vencer Vitaly Petrov, além de não se acidentar na primeira curva.

De resto, Force India, Toro Rosso, Mercedes e Renault podem surpreender, mas dificilmente alguém conseguirá repetir o feito de Sebastian Vettel, em 2008, quando venceu pilotando para a filial da Red Bull.

Meu palpite furado para a corrida é que Vettel vence mais uma, com Alonso e Hamilton no pódio.

Um comentário sobre “F1 2011 na Itália

  1. Caro Felipe, qualquer coisa à respeito de Jarno Trulli não deverá ser nada demais…nem mesmo o anúncio de sua aposentadoria, já mais do que atrasada. Irá tarde, acrescentou pouco ou coisa nenhuma à categoria, foi nada mais do que um Patrese piorado…até o Giacomelli (o da Alfa Romeo, hehehe) era mais talentoso !
    (Primeiro bate, depois assopra) Parabésn pelo post e pelo blog.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s