Sequência de corridas decisiva para Felipe Massa na F1

Felipe Massa
Felipe Massa precisa vencer retrospecto negativo para dar a volta por cima na temporada 2011 da F1

O futuro de Felipe Massa na Ferrari deve ser decidido nas próximas quatro etapas da categoria. O brasileiro, que ainda tem um ano de contrato com o time italiano, é constantemente envolvido em especulações para deixar o time.

Em Mônaco, Massa completou três corridas seguidas sem pontuar. O brasileiro finalizou em 11º o GP da Turquia – quando viveu um inferno astral nos boxes – e abandonou o GP de Espanha e a prova no Principado, por problemas no câmbio e por um acidente, respectivamente.

Assim, nada melhor que as próximas corridas para que Felipe possa se recuperar no campeonato, onde ocupa uma péssima oitava colocação com cerca de 1/3 dos 69 pontos conquistados pelo companheiro Fernando Alonso.

Entretanto, os próximos GPs não são muito animadores para o brasileiro. A última vez em que Felipe havia deixado de pontuar por três corridas seguidas tinha sido entre os GPs do Canadá e da Inglaterra de 2010. E adivinhe quais são as próximas três etapas da F1? É claro que esta é uma previsão pessimista e Massa tem todas as condições de buscar bons resultados e dar a volta por cima.

Outro ponto positivo é que o GP da Alemanha é a etapa logo em seguida dessa fila e Felipe sempre andou bem nessa prova, seja em Hockenheimring, seja em Nurburgring. Como o final da temporada europeia da F1 coincidindo com as férias de verão, é positivo para o brasileiro estar em alta na hora de negociar a renovação com a Ferrari ou iniciar conversas com outros times.

Até porque, Felipe Massa vive uma fase semelhante a atravessada por Heikki Kovalainen na McLaren. Entre 2008 e 2009, o finlandês apenas em raras oportunidades conseguiu acompanhar o ritmo dos carros da Ferrari, McLaren (e até mesmo BMW Sauber, Alonso e Vettel) e acabou sendo substituído por Jenson Button. Curiosamente, o último boato sobre Maranello é de um interesse do time italiano justamente pelo inglês campeão do mundo de 2009.

Kovalainen, como todos sabem, só conseguiu se manter na categoria ao assinar contrato com a então novata Lotus. Embora a estadia na equipe malaia tenha feito o finlandês ressurgir para a F1 como um dos poucos (para não dizer único) destaques das novatas, Kovalainen sequer conseguiu pontuar nesse ano e meio. Uma realidade assim está bem longe dos planos de Felipe.

2 comentários sobre “Sequência de corridas decisiva para Felipe Massa na F1

  1. Eu acredito que falta ao Massa ainda é um bom carro, e uma boa estratégia de corridas. Só deixou de ser campeão mundial em 2008 por erros da equipe, e mesmo assim lutou até o final tentando esse titulo…
    Isso já prova que combatividade, coragem e arrojo ele ainda tem..Acho também que se especula muito sobre o futuro dele na F-1 por pura falta de noticias do circo…
    Aliás, o que não falta é noticia, o que falta é noticia que prenda a atenção do torcedor! O que prende hoje um torcedor Brasileiro de F-1? São as noticias de seus representantes. Por serem pessoas calmas publicamente, ficam criando toda hora especulações em torno de suas carreiras… Vwjam por ex. o Rubinho, Já o aposentaram desde sua saida da Ferrari e ele ainda não parou….Engraçado que nessas do Rubinho sempre teve um carro pra ele….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s