O copo meio vazio da estreia de Kimi Raikkonen na Nascar

Kimi Raikkonen
Kimi Raikkonen terminou na 15ª colocação na estreia na Nascar. Foi bem, mas poderia ter sido ainda melhor

Kimi Raikkonen fez uma corrida praticamente sem erros antes de terminar na 15ª colocação na etapa de Charlotte da Nascar Truck Series, na noite desta sexta-feira, dia 20. Com o resultado, (e em um dado completamente inútil) o finlandês conquistou a melhor posição de um ex-piloto de F1 na pista da Carolina do Norte correndo de truck.

Kimi foi beneficiado pela rodada de Nelsinho Piquet para ganhar a 15ª posição na volta final. Antes disso, o melhor resultado de um piloto de F1 havia sido justamente do brasileiro (também em um Toyota de número 15) que terminara a etapa de 2010 na 16ª colocação, logo na frente de Narain Karthikeyan. Como dito, algo completamente inútil de sabermos.

Voltando ao finlandês, ele merece todos os elogios por ter finalizado a corrida de estreia na Nascar entre os 15 primeiros. No entanto, o resultado não serve para aplacar aquele gosto de que ainda faltou algo. A verdade é que Kimi ficou abaixo das expectativas.

Mesmo considerando a dificuldade de estrear em Charlotte e ter ninguém menos que Kyle Busch como companheiro, o ex-piloto da F1 não fez uma corrida tão boa assim. Os erros em entradas de curva podem ser relevados, mas a posição de chegada esconde um desempenho longe de um ex-campeão.

Jason White e Kimi Raikkonen
O duelo com Jason White foi um dos auges de Kimi Raikkonen na prova da Nascar em Charlotte

Durante os treinos que Kimi fez antes de competir pela primeira vez na Nascar, muito se falava do finlandês conseguir andar no ritmo de Kyle Busch. Em Charlotte, não aconteceu nada parecido com isso. Raikkonen, quando muito, conseguiu ter um ritmo de prova similar ao de pilotos já estabelecidos na categoria, como Parker Kligerman, Jason White e Austin Dillon.

A 15ª colocação esconde o fato de o piloto ter sido beneficiado por uma série de acidentes de competidores que, em condições normais, terminariam na frente do finlandês. É claro que as batidas fazem parte da corrida, mas é preciso lembrar que o desempenho do ex-piloto de Ferrari e McLaren ficou abaixo de uns 20 pilotos, no mínimo.

Kimi ultrapassou facilmente carros reconhecidamente ruins como os de TJ Bell, Johanna Long, Jamie Dick e Shane Sieg. Também conseguiu superar Joey Coulter no duelo pelo 16º postos nas voltas finais e se envolveu em um belo duelo com Jason White por algumas voltas. É verdade, também, dizer que o finlandês andou boa parte da corrida na 12ª colocação sem ser atrapalhado nem cometer erros.

Embora ele tenha todos os méritos, isso ainda é pouco. A expectativa de um ex-campeão da F1 na Truck Series – cujo nível não é tão grande como as demais divisões da Nascar – vai além do 15º posto. O evento, por si só, foi histórico, mas será interessante ver como Raikkonen vai tratar a Nascar agora. As três ou quatro corridas que ainda deve fazer ainda em 2011 podem ser o último momento dos fãs vê-lo em um oval. Por outro lado, podem significar também os primeiros passos de um caminho glorioso de Kimi Raikkonen no turismo americano. A torcida, creio, seja pela segunda opção.

3 comentários sobre “O copo meio vazio da estreia de Kimi Raikkonen na Nascar

  1. eu torço muito pelo kimmi,preferia ve-lo na red bull ou na mclaren no lugar dos apagadissímos webber e button.

    Curtir

  2. Na boa, depois que o cachaceiro foi pro WRC eu comecei a achar ele um engodo.
    Lá ele capotava direto, agora vai ser um piloto apagado, que só foi campeão na Ferrari por causa da briga interna da McLaren.

    Curtir

  3. Eu achei bem digna a estréia do Raikkonen. Considerando que o cara vem de uma escola totalmente diferente e pelo que acompanhei, não fez uma preparação tão grande. Correr contra caras que voltaram toda a carreira pra esse tipo de carros, correndo de Legends, divisões regionais e outras categorias não é fácil. Ainda mais sabendo que na Truck correm pilotos da Nationwide e da principal. Andando no simulador, da pra ter uma noção da dificuldade que esses carros tem e da diferença em relação às categorias em que ele costuma correr.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s