Os ancestrais da Red Bull Infiniti

Tomas Scheckter
Com a Red Bull Infiniti, Tomas Scheckter venceu apenas uma vez na IRL

Com o avassalador desempenho de Sebastian Vettel no início da temporada 2011 da F1, quem está em alta são os patrocinadores do alemão. Se por um lado é desnecessário falar do sucesso da Red Bull, do outro, uma marca pouco comentada, mas que vai ganhando espaço é a Infiniti.

Desde 2011, a Renault, que fornece motores ao time rubrotaurino, decidiu não utilizar a própria marca francesa na equipe e passou a exibir os logos da Infiniti, que é uma divisão de luxo da Nissan, por sua vez, pertencente à própria Renault. Golpe de mestre desses marketeiros, não?

Com essa tática, a Renault, que já é conhecida mundialmente e que também ganha exibição na F1 por conta da própria equipe,ainda conseguiu alavancar uma de suas divisões para a total exposição no restante do mundo. E isso é bem importante se levarmos em conta que as empresas de carros superesportivos se envolvem cada vez mais na categoria, brigando por um mercado deveras limitado. Afinal, você não conhece muita gente por aí que tem um Marussia, um Lotus ou um Spyker na garagem, não é mesmo?

No entanto, o que muita gente não lembra é que a combinação Red Bull e Infiniti não é inédita.  Em 2002, na então Indy Racing League, a equipe de Eddie Cheever passou a ter os energéticos de Dietrich Mastechitz como principal patrocinador. Ainda naquela época, a Infiniti era uma das várias fornecedoras de motor da categoria. Assim, os carros da Cheever em 2002 podem ser considerados os precursores da Red Bull Infiniti ao exibirem ambas as marcas.

Tomas Scheckter
Detalhe do carro de Tomas Scheckter com as marcas da Red Bull e da Infinti

Ainda que a Cheever tenha sido um dos times mais tradicionais do início da IRL, foi mesmo com o patrocínio da Red Bull que a equipe ganhou notoriedade. Para o início da temporada 2002, além do próprio chefão, o time trouxe Thomas Scheckter, que estreava nos Estados Unidos depois de ter conseguido chegar à F1 como piloto de testes da Jaguar apenas.

O desempenho do sul-africano não foi muito diferente do que acontece nos dias de hoje. Embora, na época, Scheckter costumasse andar nas primeiras posições com uma constância maior, o piloto ficou conhecido por destruir carros. Cheever, por sua vez, também não ajudava muito. Mesmo com os dois pilotos brigando sempre pelas primeiras colocações, era difícil vê-los terminando as corridas.

Sebastian Vettel
Detalhe do carro de Sebastian Vettel em 2011 com Red Bull e Infiniti

A situação melhorou um pouco quando o time anunciou um terceiro carro para Buddy Rice. Logo na estreia do americano, em Michigan, a Cheever foi a equipe dominante e mesmo com a quebra do chefão, o time conseguiu a dobradinha com Scheckter em primeiro e Rice em segundo. No entanto, o sul-africano acabou voltando à rotina de acidentes na etapa seguinte, no Kentucky, quando se machucou e ficou de fora do restante do campeonato.

Em 2003, a Infiniti deixou a categoria e a Cheever seguiu com motores Chevrolet, embora a equipe tenha passado a inscrever apenas um carro para Buddy Rice. Foi nessa época, aliás, que a Red Bull cogitou levar o então jovem Ricardo Maurício para a Indy. Os planos para o brasileiro não deram certo já que a cúpula energética resolveu diminuir os investimentos na categoria, patrocinando apenas o americano.

Como se sabe, a experiência da Red Bull na Indy não deu certo e, ao fim do contrato com a Cheever Racing, eles se mandaram e não voltaram mais. Mesmo assim, por um ano, Thomas Scheckter, Buddy Rice e Eddie Cheever podem se considerar os ancestrais de Sebastian Vettel, Mark Webber e Christian Horner.

Um comentário sobre “Os ancestrais da Red Bull Infiniti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s