Nelsinho Piquet não venceu a etapa de Nashville da Nascar

Nelsinho Piquet
Nelsinho Piquet terminou em segundo em Nashville

Para quem só bater o olho no título desse post vai parecer um tanto óbvio. Afinal, Nelsinho Piquet terminou em segundo a etapa de Nashville da Nascar Truck Series, na última sexta-feira (22) e, evidentemente, não ganhou a corrida. Só que por algum motivo, tem gente querendo apressar as coisas e já vem com papo de que o ex-piloto só não ganhou a prova porque o vencedor foi Kyle Busch, que não soma pontos na divisão de acesso.

Isso é verdade. O brasileiro só não venceu a corrida porque alguém chegou na frente dele. Parece óbvio né? Nesse caso, não adianta argumentar que Busch é um piloto da Sprint Cup então Nelsinho foi o vencedor moral e etc. O americano vai correr em 15 das 25 etapas da Truck Series este ano. Quer dizer que apenas nas outras Piquet tem chance de vencer? E nessas 15 vamos ter sempre esse mesmo papo de piloto mais merecedor? Besteira tudo isso. Quem quer ganhar corrida não pode escolher adversário. Que é uma covardia o que Kyle Busch faz nas divisões de acesso, não há dúvidas, mas a Nascar permite, então, agora, que vençam ele.

Apenas para desmentir as coisas. Nelsinho não ganhou em Nashville. Independente do que acontecer, ele jamais será declarado o vencedor da corrida. Ele não subiu ao pódio justamente porque na Nascar não tem pódio. Ele não ganhou os pontos do vencedor. Kyle Busch não soma pontos e o brasileiro ganhou normalmente a pontuação do segundo lugar.

Aliás, seria bom para Piquet se ele tivesse ganhado os quatro pontos a mais pela vitória. Antes da etapa de Nashville, ele sequer tinha posicionamento garantido na corrida, porque o carro estava fora dos 25 melhores no campeonato de donos de equipe. Com o segundo lugar, ele ganhou umas dez posições nesse campeonato e está certo em Dover. De qualquer forma, para o brasileiro, é melhor se afastar o quanto antes dessa posição de corte. Afinal, sem posicionamento garantido, um problema mecânico no treino é o suficiente para tirá-lo  do final de semana.

Mas nem tudo é crítica para o desempenho de Nelsinho. É evidente que ele mandou bem na corrida, caso contrário não teria chegado em segundo. Durante a prova, o piloto da KHI andou com bastante desenvoltura na parte de cima da pista de Nashville, onde não é tão simples fazer isso. É o oposto do comportamento dos novatos, que optam pela linha interna, mais segura, mas também mais lenta. E essa foi uma das chaves para o melhor resultado dele na carreira.

Outro ponto a destacar foi a maturidade do piloto. Nelsinho não ficou ansioso em fazer ultrapassagens, o que normalmente causa acidentes. Pelo contrário, foi passando os rivais com bastante naturalidade. É o oposto do que acontece com Cole Whitt, por exemplo. O piloto da Red Bull é mais rápido que o brasileiro, mas acaba se envolvendo em toques bobos durante as corridas por uma certa afobação em ganhar posições.

Esses pontos fortes, mostram que Piquet está se adaptando bem aos circuitos mais técnicos da Nascar, mas isso não esconde o fato de ele ainda estar muito mal em ovais curtos. Nas primeiras cinco etapas do ano, o brasileiro se envolveu em acidentes em três. É claro que um bom resultado como esse ajuda a ganhar confiança no restante do campeonato, mas ainda há muitos pontos em que o piloto precisa melhorar. O próprio Piquet falou na entrevista pós-corrida que para ele o campeonato começa agora. É muito bom ver a motivação do brasileiro, mas paras os outros caras, o ano teve início faz dois meses ou cinco etapas. A pontuação vale para todas as provas, assim como os critérios de premiação.

Apesar das críticas, Piquet teve um grande resultado e torci para caramba por ele no fim da prova. Repito, melhor que o resultado é ver que nos fundamentos de uma corrida (como o traçado utilizado, relargadas, paradas nos boxes, etc) o desempenho do brasileiro foi impecável. Tá aí algo mais útil para se espelhar do que o blábláblá de vencedor moral e essas coisas.

A próxima etapa da Nascar é em Richmond. Já falei semana passada, mas digo de novo. Vai ser uma batalha entre pilotos da Gibbs contra pilotos da Hendrick, com Kevin Harvick e a trupe da RCR correndo por fora. Na Nationwide, a prova deve ser muito legal porque não vai ter Kyle Busch nem Joey Logano. Assim, aposto em vitória de Carl Edwards, com Denny Hamlin e Brad Keselowski se tirando da corrida.

13 comentários sobre “Nelsinho Piquet não venceu a etapa de Nashville da Nascar

  1. O Piquet Jr. teve um excelente resultado. Se o Paul Di Resta chegasse em segundo, atrás de Vettel com a Red Bull não seria um grande resultado? O Kyle Busch é uma lenda. O cara faz isso há anos. Conhece tudo de Nascar. Assim, o resultado do Nelsinho pode ser considerado uma vitória. Lembra do Senna em Mônaco, em 1984? Aquilo foi uma vitória. Não estou querendo comparar, apenas cito exemplos como forma de mostrar que ninguém aqui é trouxa. O público de automobilismo é específico e entende da coisa. Desmerecer o resultado é querer dar uma de diferente para criar polêmica. Polêmica tem que ter embasamento para ser criada. Jornalista automobilístico que desmerece um resultado como de Nelsinho dá tiro no próprio pé.

    Curtir

  2. Nelsinho esta perdendo tempo correndo de NASCAR, deveria voltar para os Formulas, na qual se preparou a vida toda para competir.

    Curtir

  3. outra coisa: todos (até as viúvas do senna aqui ao lado) entenderam o que o narrador do speed quis dizer quando disse que o 2º lugar do piquet jr. era uma vitória. traduzindo, ele quis dizer que era COMO uma vitória.

    Curtir

  4. mas que bobagem vc escrever esse post!
    parece que vc trata quem lê o que vc escreve assim como os narradores do speed e da globo! feito idiotas. vc acha que as pessoas que te leem aqui não sabem distinguir quando um narrador/jornalista é fã do esportista?
    isso acontece o tempo todo nas coberturas em geral. todo mundo sabe – o menino conseguiu um puta resultado, o narrador é fanzoca e quem gosta dele ficou feliz – que o kyle bush tem talento, habilidade e carro de sobra.
    então parece que existem duas correntes de jornalistas: os que são fanzocas e ufanistas que não acrescentam nada e os que são contra isso e acabam passando a impressão pro leitor de que são chatos e malcomidos, ficam só na fofoca. informação que bom, necas…
    espero ter contribuído de alguma forma.
    abç.

    Curtir

    1. A mensagem não foi destinada a ninguém em específico. Além do mais, acho uma babaquice ficar criticando colega de profissão por mais que eu não goste de uma ou outra transmissão.

      A critica foi aos torcedores mesmo, que querem ver vitória do Piquet onde não tem. Não falava do narrador do Speed, que, aliás, não assisto pela trasmissão brasileira. Por outro lado, se eles falaram isso, só colabora com o que disse no post.

      Curtir

      1. Então deveria ssistir a transmissão do Speed. è muito boa, os caras são humildes e bem informados, fazem uma tranmissão cheia de vida e humor natural, gostam de automobilismo e principalmente, apesar de claramente torcerem pelos brasileiros não deixam de criticá-los de uma maneira correta. Boa sorte nesse blog, que tenha vida longa!
        Abç.

        Curtir

  5. Rapaz, gostei do teu Blog, é sincero, mas diferentemente do meu xará mau-educado ali de cima, te digo que corrida a parte, a NASCAR é muito, mas muito diferente técnicamente do que os monopostos que o Nelsinho estava acostumado, a técnica de pilotagem, a forma de competição, tudo é diferente, por exemplo, quantos anos o Montoya (um dos melhores que eu vi nos últimos anos) demorou para se adaptar a categoria?… enfim, para mim é uma pena que ele não volte, alias, ambos, para a F1 pois tanto o Nelsinho quanto Juan Pablo são grandes pilotos de Monopostos e tem a mesma caracteristicas de aguerridos e de não temer ninguem, o que na Europa parece proibido.

    Curtir

  6. viu esperto , tem que prestar a atenção em tudo antes de fala besteira , acorda.É só ver quantos pilotos da categoria já venceram este ano e quantas o Kyle Busch e outros pilotos que não disputam o titulo venceram.Depois que você contar certinho você faz seu Bloguinho.Em cinco corridas Johnny Sauter foi o único da categoria que disputa o titulo que venceu corrida.Quanto mais Kyle Busch correr mais vai vencer.Kyle Busch tem só umas cinco temporadas na Sprint Cup. Acorda seu Otario!!!!!!

    Curtir

    1. Caro, não entendi no que o seu comentário é diferente do meu em relação a Nascar.
      Por outro lado, vejo que você não gostou dos comentários que escrevo aqui nem de minha análise. Peço apenas que nao retorne ao blog, nem mesmo caso um dia voce consiga debater civilizidamente.

      Aos demais leitores, não é política do blog moderar comentários ainda que tenham sido escritos da forma cordial e elegante igual a do cidadão acima. Nesse momento, reservo-me apenas ao direito de solicitar que a pessoa não retorne ao site, embora eu não possa impedir acesso, já que a internet é livre.

      Curtir

  7. Tenho acompanhado a Nascar e percebi uma certa dificuldade, até justificável, por parte de Nelsinho, sendo certo que faltou sorte em algumas ocasiões. Mas ele demonstra que tem potencial e pode chegar um dia à Sprint Cup. Correu muito bem na última prova e a autoconfiança associada à experiência anterior em diversas categorias devem levá-lo a uma consistência maior e a bons resultados. Espero que se adapte bem nas próximas etapas. O mais importante é que foi animador o seu desempenho.

    Curtir

  8. Apesar de Fã Nelsão e torcer pelo sucesso do Nelsinho, concordo plenamente com vc Felipe. Uma excelente corrida não o faz o melhor piloto. O Nelsinho tem que colocar os pés no chão, manter a humildade (que vem apresentando na Nasca)e continuar aprendendo. Mas foi realmente uma bela corrida. Ele já revelou que prefere circuitos rápidos com curvas de alta. Mais uma vez, excelente texto.

    Curtir

  9. Nelsinho fez uma ótima corrida. Não errou e isso é o mais importante para um jovem piloto. Nas ultrapassagens, concordo que ele foi calmo e pareceu até ter larga experiência em fazer isso, mas poderia ter feito melhor. Nas voltas finais demorou até para passar os rivais que erraram na frente, o que não tira seus méritos, mas que facilitou a vida do brasileiro. Excelente texto, abraços!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s