Hoover Orsi está de volta ao automobilismo

Hoover Orsi
Hoover Orsi está de volta ao automobilismo depois de quase dois anos parado

É bem legal ver quando um piloto consegue retomar a carreira pelo talento que tem e não por arrumar um dinheiro extra para apenas dar mais algumas voltas sem grandes ambições. E isso aconteceu com Hoover Orsi. Pelo histórico nas pistas, o piloto do Mato Grosso do Sul foi anunciado pela equipe Fittipaldi para a disputa da temporada 2011 do Trofeo Linea.

Claro que esse não era o campeonato em que gostaríamos de ver Hoover, mas foi nele onde o piloto conseguiu arrumar uma vaga, o que é bem melhor do que ficar mais um ano parado. Aliás, essa situação de ficar cada vez mais distante das principais categorias é algo recorrente na carreira deste brasileiro.

Hoover Orsi ganhou notoriedade quando foi campeão da F3 Sul-americana, em 1999, na primeira temporada da categoria sem a participação do argentino Gabriel Furlán. Na época, a categoria estava no auge e conseguia atrair pilotos brasileiros que já tinham certo sucesso no Velho Continente. Um desses foi o próprio Orsi, que já tinha disputado com algum destaque campeonatos da F-Renault, na Europa, antes de voltar ao país para correr de F3.

O piloto assinou com a Cesário e logo no ano de estreia na categoria conquistou o título ao somar 211 pontos e bater pilotos como Jaime Melo, Ricardo e Rodrigo Sperafico, Leonardo Nienkotter, Vitor Meira, Duda Pamplona e André Nicastro.

A dimensão desse título pode ser percebida ao ver que muitos desses pilotos citados acima, somados a João Paulo de Oliveira, Antonio Pizzonia, Enrique Bernoldi e Ricardo Maurício – que já estavam na Europa – formaram a última grande geração de jovens pilotos do país que teve sucesso nas carreiras.

Hoover Orsi na F-Atlantic
Hoover Orsi foi campeão da F-Atlantic com cinco vitórias em 2001

Só que ao invés de retornar ao território europeu como muitos dos adversários fizeram, Hoover optou por ir disputar a F-Atlantic, nos Estados Unidos. O brasileiro competiu por duas temporadas no campeonato. Na primeira, em 2000, terminou em sétimo, sendo derrotado por Buddy Rice e Dan Wheldon – que viriam a ganhar a Indy500 –, mas terminando na frente de nomes como Alex Gurney e TJ Bell.

No segundo ano, Orsi conquistou o segundo título em três anos ao somar 187 pontos, vencer cinco vezes e bater pilotos como Joey Hand, Tony Ave, Michael Valiante, Guy Cosmo e Kasey Kahne (!). O bom desempenho credenciou Hoover a disputar a CART/Champ Car, mas mesmo com a premiação pela conquista, o piloto teve azar de fazer a transição para a categoria principal no momento em que o certame vivia uma crise financeira terrível, que culminou com a ida de diversas equipes para a IRL. Hoover até foi especulado na equipe de Emerson Fittipaldi, mas nada se concretizou.

Longe dos principais campeonatos de monopostos do mundo, Hoover acabou voltando ao Brasil, em 2004, para correr na Stock Car pela equipe do antigo rival da época de F3, Amir Nasr. Nos três primeiros anos no turismo brasileiro, o piloto conseguiu dois terceiros lugares no final do campeonato como melhores resultados, tendo como auge um polêmico duelo pelo título com Cacá Bueno, em Interlagos, quando o então piloto da Mitsubishi o empurrou para fora da pista e ergueu a taça.

No entanto, bastou que a equipe de Amir Nasr fosse arrendada pela Red Bull para que os resultados de Hoover decaíssem, assim como os do time como um todo. Ao final de 2008, os rubrotaurinos decidiram se mandar para a equipe de Andreas Mattheis, enquanto o time brasiliense precisou fechar com uma série de patrocinadores para conseguir o orçamento para disputar a nova temporada.

Hoover Orsi na Stock Car em Brasília
O última vitória de Hoover Orsi aconteceu em Brasília depois de um duelo épico com Ingo Hoffman, em 2007

Entretanto, a crise econômica provocada pelo estouro da bolha imobiliária americana acabou atingindo em cheio a indústria automotiva, fazendo com que vários dos patrocinadores de Amir desistissem do negócio. A equipe precisou esperar até o último momento para confirmar a dupla, deixando Hoover a pé.

Naquele ano, o piloto acabou disputando apenas mais quatro provas do GT Brasil antes de largar de vez o automobilismo, enquanto a equipe brasiliense ficou de fora de uma série de etapas da Stock Car.

Agora, em 2011, aos 32 anos, Hoover Orsi está de volta ao automobilismo para mais uma vez tentar retomar a carreira e viver as conquistas que a época da F3 Sudamericana e da F-Atlantic o credenciaram como uma das principais promessas do país, mas que pelas vicissitudes não se confirmou.

P.S.: Talento ele já mostrou que tem, mas legal mesmo é o nome pouco comum que ele tem. Na Nascar, uma vez perguntaram aos companheiros de um piloto que acabara de vencer a etapa do Kentucky da Nationwide “o que é um Stephen Leicht?”. Em meio as risadas, alguém mais desavisado poderia não saber se tratar de um piloto. Seria o mesmo que perguntar ‘o que é um Hoover Orsi?’. Talvez alguém menos atento até possa pensar que se trata de um novo veículo do exército americano ou um eletroeletrônico de última geração.

3 comentários sobre “Hoover Orsi está de volta ao automobilismo

  1. Fico feliz que o Hoover volte a correr, realment é um dos grandes talentos do automobilismo brasileiro e fico triste pela situação que passa o time do Amir, o casamento Amir e Hoover era perfeito, parece que realmente aquele título que foi tirado deles naquela que foi a disputa mais suja da Stock, causou mais danos do que imaginamos, espero que logo o Hoover volte a andar com o Amir seja em que categoria for. Boa sorte!

    Curtir

  2. Com certeza é um dos grandes pilotos do Brasil.
    Faz falta para o automoblismo pilotos que dão show na pista como Hoover, Fábio Beretta, Serjio Jimenez.

    Curtir

  3. É duro ver um cara como o Hoover a pé e os “Navarros” da vida em ação na Copa Caixa.
    Por muito pouco ele não foi campeão da categoria mas acabou perdendo o titulo na ultima prova do ano para o Cacá.
    Tomará que retome a carreira e conquiste o lugar que ele merece.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s