Marcello Anthony
Marcello Anthony vai correr na Nascar East em 2011

O ator global Marcello Anthony, que interpretou o piloto Gerson na novela Passione, fechou com a equipe de Laerte Zatta para a disputa da temporada 2011 da Nascar East. O brasileiro irá correr no carro de número 14, com o patrocínio da Goodyear – que já o acompanhou na produção fictícia – e da Nethshos. Anthony estreia na etapa de South Boston, no dia 16 de abril.

A equipe de Zatta, desde a criação, estava em busca de um piloto brasileiro para competir na Nascar East, entretanto a procura se tornou extremamente complicada por uma questão de logística. O dirigente, então, buscou o auxílio de uma grande empresa brasileira – que também é parceira do time – na área do marketing e gerenciamento esportivo, que ofereceu alguns dos pilotos clientes.

Um deles era Rapha Matos, que estava praticamente acertado para correr na Nascar antes de a AFS anunciar que iria disputar a temporada completa da Indy. Com uma vaga nos monopostos, o piloto mineiro acabou declinando o convite para o turismo americano e preferiu seguir na categoria que estava.

Ao mesmo tempo, Anthony também estava sendo agenciado por essa empresa. O ator gostou tanto de participar da Stock Car, na novela, que acabou traçando planos de competir em três ou quatro etapas da Copa Montana, em 2011, desde que não interferisse nos compromissos do teatro e da televisão.

Ligando uma coisa à outra, Zatta acabou convidando o ator para fazer parte do time nos Estados Unidos. Em um primeiro momento a reação de Anthony foi de estranhar, afinal nunca chegara perto de um oval, no entanto, a ideia de tentar algo novo – algo comum na rotina de um ator – fez com que o agora piloto aceitasse a oferta.

Anthony realizou no início da semana um teste com a equipe de Joe Gibbs (já que os equipamentos de Zatta estavam separados para a corrida em Greenville-Pickens) e marcou um tempo melhor que os pilotos reservas, como, Brad Coleman e Brian Scott. Esse foi o elemento que faltava para que o contrato fosse assinado.

Aliás, Kyle Busch esteve presente no teste para orientar Scott, mas acabou ficando surpreso com o desempenho do brasileiro. O americano até soltou um “vocês estão me zoando que esse cara é um ator. Ele dirige melhor que meu irmão!”, em referência a Kurt Busch, que já foi campeão da Sprint Cup.

Para ver o vídeo do treino da Joe Gibbs – que teve Coleman e Scott como protagonistas, mas que aparece Anthony –, além do já citado depoimento de Kyle Busch e de uma breve avaliação de Laerte Zatta, basta clicar aqui.

: }