Jules Bianchi campeão da GP2 Asia 2011 ???

 

Jules Bianchi GP2
Jean Alesi entregando a taça de campeão para Jules Bianchi

Ah, o Bahrein. Aquele país do Oriente Médio ao lado da Arábia Saudita parecia ser o paraíso do esporte a motor, assim como o Qatar e os Emirados Arabes Unidos. Afinal, nada melhor do que ter um governo rico e tirano mergulhado em petrodólares que é a favor do automobilismo e não poupa esforços para realizar corridas por lá.

Aí esse país de areia paradisíaca agora se encontra mergulhado em um confronto civil inspirado no Egito, que recentemente derrubou Mubarak. E enquanto o povo sai as ruas para garantir direitos iguais para xiitas e sunitas, a GP2 e a F1 começam a repensar as viagens marcadas para o local. Para falar a verdade, a GP2 Asia já cancelou uma das rodadas que aconteceria em Sakhir e está muito próxima de cancelar a outra.

Na minha vida toda nunca falei com Jules Bianchi, atual líder do certame asiático do cameponato de acesso da F1. Sei que o pai dele brinca dizendo que o garoto nasceu em uma pista de kart, porque li o site dele antes de escrever esse post. Mas uma coisa posso afirmar com toda a certeza: Jules Bianchi é um profundo defensor da democracia.

E por que digo isso no meio do conflito do Bahrein que pode cancelar a prova da F1 por lá? Não, não é porque ele é francês e se inspira no ideal de igualdade, liberdade e fraternidade. O motivo eu já disse acima: ele é o líder da GP2 asiática. E se o GP do Bahrein de F1 for cancelado – e por consequência a rodada toda da categoria de acesso – Bianchi é o campeão depois de ter disputado apenas duas corridas e completado apenas uma.

Com o patético calendário da GP2 Asia com três rodadas em duas pistas, os pilotos participaram da etapa de abertura em Abu Dhabi, nos dias 11 e 12 de fevereiro. Bianchi foi o vencedor da primeira corrida e ainda marcou a volta mais rápida nas duas provas do final de semana, terminando a rodada com 12 pontos, contra 10 do compatriota Romain Grosjean.

Se a etapa final no Bahrein for cancelada por conta da instabilidade política, Bianchi é o campeão depois de correr só isso. Uma única rodada. E a culpa disso não é do país asiático que está tentando melhores condições de vida ante a um ditador tirano. A culpa é de quem organiza a categoria e faz um calendário de apenas três etapas em dois países. Não tem como levar a sério um campeonato desses com ou sem as rodadas bahrenitas. De qualquer forma, parabéns a Jules Bianchi pelo título.

Por curiosidade levantei aqui os três campeões até agora da GP2 Asia e os respectivos resultados no campeonato europeu. O retrospecto não é nada animador. Romain Grosjean foi quarto em 2008; Kamui Kobayashi, 16º em 2009 e Davide Valsecchi, oitavo na temporada passada. Com menos corridas na história do que uma temporada completa da F1, por que a GP2 Asia ainda existe?

3 comentários sobre “Jules Bianchi campeão da GP2 Asia 2011 ???

  1. a etapa de 2008-2009 q Kobayashi foi campeão teve corrida na malásia tbm. outro país não árabe. E foi o ano que teve mais corridas na GP2 asia séries. Deveriam ter mantido as corridas na malásia,china e quem sabe colocar Coréia ou Japão ia continuar no circuito asiático e iriam evitar locais com governos pouco estáveis.

    Curtir

    1. Rafael, olá!
      Obrigado pelos comentários.

      Também acho que a GP2 Asia deveria correr em outros países fora do Oriente Médio, mas esses países não estão dispostos a bancar uma categoria deficitária.
      Quando você diz que seis a nove corridas é o ideal, quero lembrar que o Toyota Racing Series, que acontece na relevante Nova Zelândia tem um campeonato de 12 corridas realizado em menos de 2 meses no ano. É possivel sim fazer um calendário maior e melhor para a GP2 Asia, só que enquanto ficar essa coisa de 2 ou 3 rodadas, não dá para chamar alguem de campeão.

      Curtir

  2. quando kobayashi ganhou teve o maior numero de corridas 6.
    sendo uma delas na China ou seja não foram só países árabes.
    teve outra no qatar tbm. acho q de seis a nove seria o numero ideal de corridas para essa GP2 asia séries.ma reduzindo desse jeito corre esses riscos mesmo. poderiam substituir a corrida no bahrein por 2 na China. ma como quem faz o calendario só pensa em $$ e não em uma boa organização a coisa fica desse jeito q está.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s