Toyota All Star Showdown – a estreia de Pastrana

 

Joey Logano e Sergio Pena duelando no Toyota All Star Showdown
O duelo entre Joey Logano e Sergio pena marcou o Toyota All Star Showdown de 2010

Para todos aqueles que sentiram falta do automobilismo americano nesses quase três meses de férias, este sábado, dia 29, será uma data especial. Afinal, é o início da temporada 2011 da Nascar. Só que ao invés das estrelas da Sprint Cup, cabem aos jovens pilotos da Nascar East e da Nascar West abrirem o ano com o Toyota AllStar Showdown, disputado em Irwindale.

Este evento nada mais é que uma corrida comemorativa entre os pilotos que se destacaram nas diversas categorias da Nascar ao longo do ano, com exceção das três divisões principais. Então, os participantes, além de correrem na East e West Series como dito acima, também vieram da Nascar Mexico e da Nascar Canada, entre outros lugares.

A exemplo da corrida de Iowa, aqui eles também precisam escolher qual costa americana irão defender. O vencedor, além de trazer a glória ao lado do país que representa, coloca o nome na história da Nascar ao triunfar na chamada ‘Daytona 500 das short tracks’, de tão importante que é o evento.

Outro ponto interessante desta corrida é conhecer as futuras estrelas da Sprint Cup. Na edição de 2005, por exemplo, que foi disputada no final daquele ano, o vencedor foi David Gilliland. O resultado foi fundamental para que o piloto assinasse com uma equipe mediana para correr a Nationwide Series, onde conquistaria uma surpreendente vitória na etapa do Kentucky, que lhe garantiria um lugar na equipe de Robert Yates na Sprint Cup. Em 2009, Trevor Bayne e Brian Ickler foram as estrelas da corrida até serem retirados da prova por Ron Hornaday. A dupla agora tem contrato com a Roush, sendo que o primeiro vai fazer 17 provas na divisão principal com a Wood Brothers.

Darrel Wallace Jr
Darrel Wallace Jr fez história ao ser o primeiro afro-descendente a vencer na Nascar East

Com a importância do evento explicada, o World of Motorsport faz uma breve lista apontando em quem nós devemos ficar de olho na edição 2011:

01 – Sergio Pena: ok, quem poderia imaginar que em 2010 um garoto de 17 anos, que nunca tinha corrido na Nascar East/West conquistaria a pole-position e seria o maior rival de Joey Logano pela vitória? O americano Sergio Pena – lê ‘Penha’ – fez tudo isso. Só que o restante da temporada do jovem piloto não saiu como ele esperava e foi marcada por resultados fracos e top10 esparsos. Agora o retorno ao Toyota All Star Showdown se tornou uma questão de Pena recuperar a imagem.

06 – Darrell Wallace Jr: se alguém puder repetir o que Pena fez em 2010 este alguém é Darrell Wallace Jr. O garoto é piloto de Joe Gibbs, mas vai correr em um carro da Revolution Racing, aquele equipe criada para apoiar o programa Driver 4 Diversity da Nascar. Apesar de Pena também fazer parte do time, o único carro inscrito por eles será o de Wallace, que conquistou uma vitória no ano passado na Nascar East. Este é franco-favorito.

9 – Sean Caisse e 20 – Eric Holmes: sem muito o que falar, são pilotos muito experientes no Toyota All Star Showdown. O primeiro já foi pole-position duas vezes e defende o Leste, enquanto o outro é o atual campeão do Oeste.

12 – Paulie Harraka: era esperado que Paulie Harraka disputasse o título da Nascar West na temporada passada, mas o piloto não conseguiu. Além disso, acidentes na corrida final, em Phoenix, com a Sprint Cup dividindo a pista, e no Toyota Showdown passado colocaram em Harraka a fama de amarelar na hora da decisão. O evento deste ano passou a ser uma questão de honra para o garoto que não conta mais com o apoio do Driver 4 Diversity.

35 – Andrew Ranger: ele é canadense e 55 – Justin Funkhouser: nada demais também, mas achei engraçado o cara se chamar ‘casa de funk’. É tipo um Pedro Boate ou Luiz Festival de Forró, na Stock Car.

 

Travis Pastrana na Nascar
A principal atração do Toyota All Star Showdown é a estreia de Travis Pastrana na Nascar

75 – Jason Bowles: outro experiente piloto da West Series. Desde o título em 2009, Bowles está fazendo de tudo para garantir uma vaga em uma das três principais divisões da Nascar. Ao que tudo indica, assim como Gilliland em 2005, ele espera que o resultado o abra portas.

98 – Chad Boat: filho de Billy Boat, comentarista da Indy, sócio da Dreyer and Reinbold e recordista de pole-positions seguidas na categoria de monopostos, ao lado de Will Power.

66 –Steve Wallace:  ok, quando colocamos Steve Wallace como favorito para alguma coisa é porque tem algo errado. Mas a consistência apresentada na última temporada da Nationwide Series, além de uma boa dose de experiência o credenciam boas chances de chegar ao Victory Lane.

70 – Miguel Paludo: sim! Um brasileiro! Por ser uma corrida da Nascar East e West, o brasileiro conseguiu arrumar uma vaga para correr. Não será nem pela Red Horse – equipe na Truck Series – nem na Germain – para quem correu na East. Ele será companheiro de Sergio Pena no time de Greg Rayl.

99 – Travis Pastrana: esse é o momento mais esperado do Toyota All Star Showdown. É a estreia de Travis Pastrana na Nascar. Não sabe quem é? Herege! Mas clique aqui e descubra.

2 comentários sobre “Toyota All Star Showdown – a estreia de Pastrana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s