1 ano de World of Motorsport

World of Motorsport
É dia de comemorar um ano de World of Motorsport!

Neste primeiro dia de 2011, o World of Motorsport, este blog, completa um ano de existência. Data curiosa não? Se uma das minhas resoluções de ano novo, para 2010, tivesse sido criar um blog, eu diria que não perdi tempo.

Mas não foi nenhuma promessa. Na verdade, no início eu nem sabia o que escrever aqui. Quem pegar os três posts da estreia – F-Renault em 2009, mulheres no automobilismo e o retorno de Schumacher – vai perceber que a linha seguida foi a de analisar os acontecimentos. No entanto, diante da esperada falta de assunto no início do ano, o mês de janeiro todo foi feito praticamente com notícias factuais com a “cobertura”, digamos assim, do Dakar, do Toyota Racing Series e do F3 Brazil Open.

Ao menos, durante o ano deu para adaptar melhor o conteúdo daqui. Para isso, algumas séries foram criadas, eu aponto três delas como exemplo de certo sucesso: números da F1, os preview da F1 e a coluna da Nascar, ainda que essa tenha estreado somente nos últimos meses.

Por outro lado, teve alguns grandes fracassos. Uma das ideias iniciais era que toda segunda-feira eu comentasse ainda que brevemente o que acontecera nas categorias ao redor do mundo, salvo aquelas que ganhavam posts exclusivos. Eu cumpri isso duas ou três vezes, confesso. Mas a verdade é que não dá para falar de tudo. Chegava segunda-feira, eu tinha todo o material separado, mas era algo interminável. Não deu, paciência.

Outra série que não deu certo foi a Indy Fast Facts, que passava rápidas informações, como o nome diz, sobre como havia sido a prova da Indy do final de semana. Aqui não sei qual foi o problema, mas o índice de leitura foi baixíssimo.

Todas essas séries foram criadas para cumprir o objetivo inicial do blog, que era ter posts interessantes sobre o automobilismo em todos os dias do ano. A melhor parte é dizer que eu consegui atingir essa meta. Como a parte do “interessante” é algo subjetivo, eu analiso somente pelas estatísticas. Foram 383 posts nos 365 dias de 2010, sendo que não houve compensação – entrando dois em um dia e nenhum em outro. Rigorosamente um por dia, no mínimo.

E eu acho que esse foi o sucesso do blog. Imagino que todo mundo conheça milhões de exemplos de blogs que depois de começar, ficaram meses sem atualização, ou entravam aqueles posts burocráticos – isso quando são feitos – só para não deixar a página morrer. Para isso não acontecer aqui, acredito que essa rigidez de todo dia ter que entrar alguma coisa foi a responsável não só pela sobrevivência deste espaço como também por todo crescimento ao longo do ano.

E olha que dá trabalho (e creio que todo mundo fala isso). Vou dar um exemplo bem legal. Sexta-feira é um dia terrível. Todo mundo ama sexta, eu odeio. Em um dia normal, eu vou à universidade de manhã e saio de lá cerca de duas horas antes de o expediente começar. Fácil né? Para quem não passa uma hora dentro de um ônibus e ainda tem que ir almoçar antes de chegar em casa, deve ser.

Aí tem o trabalho. Normal, todo mundo trabalha. Mas o expediente não termina quando acaba. É incrível isso. Terminou o dia, tá todo mundo liberado, mas o treino da Nascar Sprint Cup está rolando. E lá vou eu fazer o texto do treino. Beleza, ainda tá cedo. E quem disse que acabou? Ainda tem a corrida da Nascar Truck Series e, obviamente, também o texto com a história da prova. Depois de tudo isso eu posso enfim aproveitar a minha vida social, antes do pequeno detalhe de acordar cedo no sábado para voltar ao trabalho. Peraí. Esqueci uma coisa. Tem o blog. E, em algum momento entre tudo isso, lá vou eu escrever o texto interessante para entrar aqui.

Apesar de tudo, deu certo. Tenho noção que um monte de gente me xingou por ter furado às sextas-feiras, ou por ter cortado a noite pela metade pra ir dormir antes de trabalhar. Aí a culpa é minha mesmo.

Por fim, acho que o World of Motorsport cumpriu as expectativas. Primeiro, ele inovou. Muitas histórias escritas aqui não foram postadas em nenhum outro lugar, além de fontes tão obscuras quanto este próprio blog. E segundo, conseguiu atingir a meta mais otimista de audiência. Ao longo do ano, a expectativa final de acessos foi recalculada em algumas oportunidades e fico satisfeito ao ver que a última dessas metas estabelecidas foi a mais alta dentre todas e atingida em cheio.

Para 2011, vou tentar manter esse ritmo de um post por dia enquanto der. Já falei o quanto odeio sexta-feira e espero não passar a detestar outros dias da semana. Aproveito a oportunidade para agradecer a todos que passam por aqui e convido novamente a novas visitas.

7 comentários sobre “1 ano de World of Motorsport

  1. Prezado Felipe.

    Antes de mais nada, por favor, aceite um sincero pedido de desculpas. Evidente, sobre o fato de que naum mais te escrevi, idem sobre sua resposta.
    Sim, apreciei sua consideração e demais quesitos… mas não me foi possível (MESMO!) ingressar na chamada ‘internet’.
    Longe de querer descrever problema de doençã na família, basta dizer que a corda roeu no lado mais fraco; tive, portanto, que ‘residir’ em uma casa geriatrica junto de minha bisa.
    E como aqui é interior, naum pude ter sinal de internet. Mas neste ‘findi’ vou botar a leitura em dia, pode apostar!
    De qualquer forma… DESCULPE a demora.
    E sobre o que você me escreveu… olha só tenho a te parabenizar pelo trabalho e dedicação. Fiquei impressionada ao ler que voc~e só tem noticias devido à leituras no ‘jayski’ ou, twitter dos pilotos. Menos mal, voce consegue fornecer informações de primeira… e isto é o que importa!
    Novamente parabéns e… duas perguntinhas para naum mais te incomodar: 1) Desde quando voce curte NASCAR? E 2) sera que algum dia teremos transmissão, ao menos da Daytona 500 na Globo? Ca entre nós… penso que se o Caca voltasse a tentar espaço por lá ou mesmo o Lossacco, as coisas seriam diferentes… apenas divagando. E voce, o que pensa?
    Abraço da distante leitora…

    Curtir

    1. Jacqueline, olá mais uma vez!
      Não precisa se desculpar. É sempre muito legal receber visitar aqui no blog sempre que as pessoas possam acessar.
      Eu via a Nascar muito de vez em quando, em 2003, quando passava no Grid Motor do Sportv. Só que o programa era muito tarde e misturava várias categorias, então não dava para acompanhar direito e eu também não ia atrás de maiores informações. Em 2006, o canal Speed foi colocado em casa e desde então eu voltei a assistir, mas agora assiduamente.
      Não vejo a menor chance de a Globo transmitir uma corrida da Nascar, mesmo com presença de brasileiros. O principal problema, na minha opinião é a longa duração das corridas (cerca de 4h) em um horário que concorre diretamente com o futebol, Faustão e Fantástico.
      Eu fiz um post um tempo atrás que eu falava sobre a única possibilidade de isso acontecer seria exibindo a Truck Series, e essa segue sendo a minha opinião. O post é esse aqui: https://womotor.wordpress.com/2010/12/20/nascar-na-tv-aberta/

      Obrigado pela visita!
      Abraço

      Curtir

  2. Oi. Me chamo Jacqueline , sou estudante de jornalismo e, por uma série de fatores (principalmente influencia materna), gosto de NASCAR.
    Conheci seu ‘site’ pelo obvio motivo de que tento me manter informada. Porem, seu comentário do dia primeiro de janeiro me fez vir aqui escrever para você. Tenho duvidas; apreciaria que vc me respondesse.
    A começar pelo paragrafo no qual você ressalta sua agenda de ‘sexta-feira’ (por sinal, idêntica a minha). Minha duvida, no caso, fica pelo fato de que, SEGUNDO ENTENDI, você ‘precisa’ encontrar tempo para postar notas no blog. Logo… você é profissional de jornalismo? Você é renumerado para escrever?
    NÃO quero saber valor… apenas se você RECEBE. DESCULPE se estou sendo direta… mas não consigo imaginar uma pessoa trabalhando sem receber remuneração, entende? Eu já fui convidada para escrever sobre Velocidade lá na FURB mas… como diria um piloto que ambos conhecemos… NO MONEY, NO RACE (frase do Jackie Stewart). Me pagam, eu escrevo. Simples. Não vou desperdiçar tempo sem ser remunerada… entende?
    Que fique claro: GOSTO de seu trabalho e muito aprendo sobre a NASCAR. Mas fiquei impressionada ao ler sua agenda… diria, inclusive, que você MERECE… aliás, DEVE ser contratado por uma grande rede de televisão ou mesmo jornal (Folha, Estadão… aqui mesmo, temos o Diário Catarinense. Você faria SUCESSO, se viesse para cá, entende). Pense em pessoas lendo seus artigos em mídia impressa de circulação abrangente… e, quem sabe, uma ESCADA para chegares a TV Globo (ou outra emissora).
    A NASCAR… você tem contato com eles ou apenas com pilotos? Pelo que constatei, pilotos te mandam ‘releases’ e as vezes, você linca para paginas da wikipedia ou mesmo do Jayski (que também considero grande fonte de informação e ótimo para meu aprendizado de Inglês!)
    Quero também citar que sou digamos capitalista, porque eu e meus pais custamos a aprender que NADA deve ser feito de graça. Por outro lado, se você recebe dinheiro… ÓTIMO! Vamos dizer que eu sou conselheira para amigos e amigas que pensam em criar blog… se ‘matam’, perdem ‘tempo’ que poderia ser dedicado a família, namorado (a) e… sem mais nem menos, ficam a ver ‘navios’: você deve conhecer ‘n’ exemplos de pessoas que criam blogs e, sem mais nem menos, veem um sujeito SEM CONHECIMENTO angariar posição e, de quebra… REMUNERAÇÃO.
    Sou apenas uma pessoa justa que ficou sentida ao ler sua agenda. Nada mais, nada menos. Independente de sua resposta, saiba que continuarei lendo com atenção seus artigos.
    Atenciosamente,

    Jacque

    Curtir

    1. Jacqueline, olá!

      Eu fico muito feliz com os elogios e com a atenção. Muito obrigado!

      Eu sou funcionário de uma empresa e recebo para trabalhar para eles. O que não engloba este blog.
      Para escrever aqui eu realmente não ganho nada. Até porque o blog surgiu como um passatempo, mas eu fiz a ‘besteira’, como disse no post, de inventar de postar todos os dias.

      Quanto à Nascar, eu não tenho contato com a organização nem com os pilotos. Quando eu preciso falar com eles eu sigo os caminhos tradicionais: e-mail para assessor ou twitter direto, se for algo mais simples. Sobre releases, eu não recebo porque olho no jayski mesmo. Então dá no mesmo.
      E para conseguir as informações é no próprio jayski, no nascar.com e pelo twitter também, tanto seguindo pilotos como sites especializados de automobilismo.

      Espero ter respondido suas perguntas,
      Obrigado!

      Curtir

  3. Eu te xinguei bastante nas sextas-feiras. :/
    Anyway, parabéns (atrasado) por 1 ano de blog com posts todos os dias.
    Torço para que em 2011 toda essa sua dedicação seja recompensada com sucesso. Gracts!

    Curtir

  4. Parabéns, conheci o blog a pouco tempo, mas entro todo dia, aqui tem muita coisa diferente dos outros blogs de esporte a motor.
    Parabéns

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s