Ivan Utrera, o mito

 

Ivan Utrera
Ivan Utrera ficou popular do dia para noite por ter números melhores que os de Ayrton Senna

Na última semana, um piloto brasileiro desconhecido do grande público chamou a atenção da comunidade automobilística de uma forma surpreendente. Durante quase cinco dias, Ivan Utrera foi um dos nomes mais visualizados do site Driver Database.

Como todo piloto gosta de aparecer, esse site exibe um ranking diário com os nomes mais pesquisados. Em geral, os mais populares são Lewis Hamilton, Jaime Alguersuari, Michael Schumacher, Bruno Senna, assim como bahrenitas, húngaros e neozelândeses que pagam para ter privilégios VIPs na página.

Com a mecânica explicada, o que levou Utrera a ganhar tamanho destaque? Primeiro, o jornalista Fabio Seixas, da Folha/UOL, fez em seu blog um post sobre o brasileiro e o linkou para o perfil dele no site. Os acessos foram tantos que, nos dias seguintes, Ivan Utrera rapidamente entrou na lista dos 20 pilotos mais populares.

Com a repentina popularidade do piloto explicada, foi a vez de desvendar o motivo dele ter se tornado um personagem daquele blog e, consequentemente, agora deste aqui também. Ainda segundo o site Driver Database, Utrera é o brasileiro que tem a maior média de vitória na história do automobilismo. Ele venceu 14 das 35 corridas que participou, alcançando 40% de triunfos. O segundo colocado é nada menos que Ayrton Senna com apenas 39,3% de conquistas. Correu 229 vezes e venceu 90.

Obviamente o dado estatístico também precisa de uma explicação. Ivan Utrera é um piloto amador, que corre na pista de Miller, no estado de Utah, nos Estados Unidos. Como ele é realmente acima da média – até conquistou um título em 2008 – logo se sobressaiu em relação aos adversários. Por outro lado, Senna fez uma carreira competindo contra gente como Alain Prost, Nigel Mansell e Nelson Piquet. Evidentemente, também ganhou destaque. Só que, nos números crus, Utrera teve um desempenho melhor.

 

Ivan Utrera
Ivan Utrera é o presidente da churrascaria brasileira Rodízio Grill, nos Estados Unidos

Agora vale falar como o site funciona. Ele depende do esforço coletivo, assim como a Wikipedia. Qualquer um, registrado na página, pode inserir resultados de corridas e campeonatos. Os dados são conferidos e lançados. Como a rede de colaboradores nos Estados Unidos é vasta, não é raro que competições locais por lá, como é o caso das que Utrera participa, acabem sendo registradas. Assim, os recordes de quem compete por lá são computados da mesma forma que quem corre na F1, por exemplo.

Como não há colaboradores brasileiros que computem o resultado de corridas regionais daqui, como as competições de marcas e pilotos, ou provas de Fórmula amadoras, quem compete no Brasil não tem o mesmo destaque. Essa desvantagem não é uma exclusividade brasileira. Quem entrar no site vai notar que 18 dos 20 maiores vencedores do ano são norte-americanos, sendo que a grande maioria corre em pistas regionais apenas.

Mistério resolvido. Agora é que a história melhora.

Sabendo do destaque ganho no blog de Seixas, o próprio Ivan Utrera apareceu por lá para fazer alguns comentários. Ele admitiu ser um apaixonado pelo automobilismo e que pilota nos finais de semana. Nos demais dias, o cara é o dono da Rodízio Grill, uma churrascaria brasileira nos Estados Unidos, com sede em Utah.

Só que ao contrário da maioria dos fãs do automobilismo, Utrera realmente faz algo pelo esporte. Expondo a marca da churrascaria, ele patrocina pilotos brasileiros que estão na fase de transição do kart para os monopostos. Ainda segundo os comentários feitos, André Ribeiro e Rubens Barrichello foram dois beneficiados da iniciativa do piloto amador. Exagero meu à parte, ele é um mecena do automobilismo brasileiro. Ênfase no exagero, por favor.

 

Bruno Carneiro
Bruno Carneiro é a nova aposta de Ivan Uretra no automobilismo

Hoje, Ivan Utrera tem um novo pupilo. Ele aposta todas as fichas em Bruno Carneiro. Nunca ouviu falar? Pois é. O garoto tem apenas 11 anos de idade e é uma verdadeira celebridade entre o vasto público de fãs dos esportes a motor em Utah. Bruno vive e treina por lá, mas já começou a fazer provas na Europa, correndo pela Danilo Rossi Racing, time que já contou com Vitantonio Liuzzi, Pastor Maldonado e Robert Kubica. O menino também participou de algumas provas no Brasil, tendo um desempenho razoável.

Quem conhece o garoto, aposta no sucesso. Entretando, com 11 anos apenas, é impossível falar qualquer coisa. Vendo alguns vídeos, é possível dizer que o menino leva jeito, mas só isso. Outro ponto positivo de Bruno é a maturidade para alguém de pouca idade. Apesar de estar se divertindo, o jovem parece bem focado no objetivo: chegar à F1 ou à GP2  e competir nas maiores pistas do mundo “como essa de Miller”.

Para promover o menino, foi feito um pequeno documentário – talvez maior que o garoto, aliás – que está no Youtube e você pode conferir abaixo. A produção impressiona se levarmos em conta o cenário que os meninos da idade de Bruno se encontram no Brasil quando tentam seguir a carreira no kart.

9 comentários sobre “Ivan Utrera, o mito

  1. Ola Felipe, passando por aqui pra deixar um update sobre o Bruno Carneiro. Agora com 15 anos (nossa, como passa o tempo) ele estreou na categoria Formula Mazda (de olho na Road to Indy) e ganhou 3 das primeiras 4 etapas da categoria este inicio de ano, incluindo um fantastica vitoria num diluvio a duas semanas atras. Ele ja foi convidado pra testar num F1000 e num Indy Lights!
    O garoto promete!!!

    Curtir

  2. Olá Felipe. Meu nome é Leon e sou primo do pequeno Bruno. Queria lhe parabenizar pela matéria e pelo site e dizer que o Bruno realmente é um talento. Moro no Brasil e acompanho toda a carreira dele por notícias que recebo de meu tio e pelas matérias que saem na internet sobre ele. Tive o prazer de vê-lo correr o campeonato brasileiro de kart 2010 em Volta Redonda, campeonato esse onde Bruno correu com chassis, pneus e pista totalmente diferente do que esta acostumado, e mesmo assim, com um motor problematico fez uma performance incrivel onde todos que assistiam a corrida o parabenizaram. Sei que ele tem um futuro brilhante pela frente e que ainda irei ler muitas materias sobre ele em seu blog.
    Abraços Leon.!!!

    Curtir

  3. Olá Felipe, aqui é p Walmir irmão do Ivan, fiquei muito supreso e emocionado, quando um primo me enviou o link do blog do jornalista Fabio Seixas, no mesmo instante retransmiti para o Ivan, que adorou a reportagem.
    Desta vez ocorreu o contrário, foi o Ivan que me mandou o link da reportagem, que já me incumbi de divulgar entre vários amigos que correm pelo Brasil.
    Eu mesmo corri em várias categorias do automobilismo brasileiro, e como Vc explicou, é muito mais difícil conseguir divulgação aqui no Brasil, porém gostaria de destacar uma grtande amiga, que faz muito pelo automobilismo brasileiro, cobrindo várias categorias amadoras e divulgando em seu site, a Beatriz da “ALL RACING”.
    “www.allracing.com.br”, ela e seu marido o Ronie, são entusiastas e adoram corridas, cobriram por muitos anos o campeonato paulista de “velocidade na terra” da Federtação Paulista de Automobilismo, além do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra, da CBA.
    Quem sabe, com estas divulgações que tem aparecido na net, os empresário brasileiros resolvam agir como o Ivan, incentivando o esporte regional, e possibilitando que pilotos amadores possam ter a oportunidade de mostrar seu telento, mesmo que tardiamente.
    abraços
    Walmir

    Curtir

  4. La vamos nos outra vez 🙂 Felipe, gostei do humor e detalhes do seu blog, parabens. Mais uma vez agradeco a falacao toda… Eu estou me divertindo com tudo isto, pois fico aqui quietinho, humilde no meu cantinho, num fim de mundo chamado Utah, quando derrepente recebo um email do meu irmao dizendo que sou foco de um blog no Brasil…uau…falem bem ou mal, fico honrado.

    Sim, amo o automobilismo. Infelizmente, como adolescente fui piloto de motocross no Brasil, e muito ruim por sinal. Tivera recursos para correr de monoposto, quem sabe meu futuro nao teria sido diferente. Mas foi o que foi e fico muito feliz de seguir esta paixao neste estagio da minha vida.

    Quanto ao apoio aos pilotos, nao pretendo ser a chave do sucesso do Rubinho ou Andre Ribeiro… fui apenas um dos patrocinadores destes, quando executivo da PepsiCo, mesmo nos seus primeiros anos de participacao da F1 e Indy respectivamente.

    Como empresario porem, meus recursos sao menores e muito mais limitados. A gente faz o que pode, pois vontade nao falta. Alem da ajuda direto ao Bruninho e uma meia duzia de outros pilotos, eu sempre recebo como meus convidados, pilotos que correm nas cidades em que opero meus “Rodizio Grill – America’s First Brazilian Steakhouse – Since 1995”, como por exemplo Gil de Ferran – American LeMans Series, Jaime Melo (Rolex Series), Emmanuele Piro (ITA – LeMans)- corridas na Miller Motorsport Park em Utah, e Emerson e Christian Fittipaldi, Tony Kannan – Indy em Denver Colorado, etc… puramente pelo prazer e agradecimento a esses pilotos pelo show que eles nos proporcionam a cada corrida.

    Quanto a essa “notoriedade” toda…eu nao mereco, mas agradeco de coracao! 😉

    Abs

    Curtir

    1. Ivan, muito obrigado por passar por aqui e encarar com bom humor o blog.
      Acho que a história toda é muito interessante. Começando com a comparação ao Senna e seguindo com o apoio aos jovens pilotos.
      Agradeço muito a visita e as ricas explicações que você acabou acrescentando.
      Abraços!

      Curtir

  5. Oi Felipe, é o Claudio Reis do Planet Kart, site especializado em kartismo.
    O Bruno Carneiro é realmente um talento diferenciado e acompanho sua evolução nas pistas desde os cinco anos de idade. Bruno chama a atenção não apenas seus desempenhos nas pistas, com muitas vitórias e titulos conquistados em todas as classes que competiu, mas por sus história de vida e o foco incomum no esporte para um garoto de sua idade.

    Ivan Ultrera, que foi um bom piloto de kart no Brasil e um “encardido Brazuca” na F3 norte-americana garimpou e descobriu esse jovem promissor, que não apenas trata de “pilotar kart” como milhares de garotos com os mesmos sonhos ao redor do mundo. Com um “paitrocinador” sem recursos para sequer brincar de kart em circuitos regionais na terra do Tio Sam, Bruno assumiu o compromisso de fazer, pessoalmente, sua verba de patrocinio, vendendo de porta em porta passaportes da rede Rodizio Grill. De cada venda, Ultrera destina a “comissão” para um fundo de carreira do Bruno, viabilizando sua prática.
    Um dos links de video enviados pelo Luigi (http://www.youtube.com/watch?v=Qsb25afXi7E) mostra essa faceta e é impossivel não deixar escorrer uma lagrima furtiva ao se assistir o video.
    Neste ano, pela primeira vez em sua carreira, Bruno Carneiro competiu no Brasil. Com um kart emprestado, mecanicos desconhecidos, em uma pista desconhecida, com um motor de comportamento muito diferente do que usa nos EUA e, pricipalmente, com pneus de construção e comportamento muito diverso do que está habituado, em apenas dois treinos curtos conseguiu cravar a pole position em uma prova oficial da CBA, de um certame nacional e competindo com alguns dos melhores kartistas do Brasil dessa geração.
    Um feito notável, que cresce em importancia por ter sido a primeira vez que Bruno andava em pista molhada, já que mora no deserto em Utah, onde nunca chove…
    Foi segundo colocado na etapa, batendo o atual Campeão Brasileiro da categoria e chamando a atenção dos especialistas na modalidade.
    Felipe, anote o nome de Bruno Carneiro com carinho, pois há grandes chances de esse garoto dar grandes alegrias ao Brasil ao longo de sua carreira.
    Parabéns pelo Blog. Já está nos meus favoritos!
    Abraços,
    Claudio Reis

    Curtir

  6. Oi Felipe. Tudo bem? Aqui é o pai do Bruno. Muito legal o seu blog e muito bem escrito. Na verdade os videos do Bruno sou eu quem faço para ajuda-lo a levantar grana para poder continuar correndo.
    O Ivan Utrera é fundamental na carreira do pequeno. Não fosse por ele, o Bruno nem kart teria. O Ivan ajuda muita gente e se diferencia pois a grande maioria não quer nem saber da molecada no começo de carreira. É sobretudo, um grande brasileiro que representa o Brasil com orgulho aqui nos EUA, e abre caminhos para talentos como o Bruno.
    Dê uma olhada em outros dois videos legais:

    Um grande abraço

    Luigi Carneiro

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s