Roberval Andrade
Roberval Andrade foi campeão, mas tudo conspirou para que o título não fosse comemorado

Roberval Andrade mostrou nas últimas corridas de 2010 porque é um dos grandes pilotos do Brasil. O paulista reverteu uma vantagem de 16 pontos do bicampeão Felipe Giaffone e se sagrou campeão da temporada da Fórmula Truck.

Até aí, tudo bem. Como visto, Andrade é um dos pilotos mais talentosos do grid. Dessa maneira, ele consegue arrumar uma série de patrocinadores para conseguir competir na categoria. Um desses apoios veio do Corinthians, que aproveitou o ano do centenário do clube para investir em vários esportes, inclusive o automobilismo.

Enquanto em outras modalidades – e não falo aqui do futebol – o Corinthians não foi bem, na F-Truck, Roberval Andrade conquistou o título. Certo. Duas horas depois, o Fluminense seria campeão brasileiro e a chacota de “centanada” se tornaria intensa contra o “bando de loucos”.

E perguntem para qualquer torcedor de outro time o que fariam se, enquanto zombam de um corintiano, ouvissem como argumentação de que “não foi um ano de ‘centenada’, na F-Truck fomos campeões’”.

Se os astros conspiraram para o título de Roberval nas pistas, algumas horas depois eles foram traiçoeiros e impediu que a torcida não pudesse comemorar, neste domingo, título algum.