Fórmula 1 em Abu Dhabi

Traçado de Abu Dhabi
O traçado de Abu Dhabi é típico de Hermann Tilke. A ponte suspensa do hotel antes da reta dos boxes é o ponto alto. O baixo, porém, é o restante da pista

Depois de 18 etapas em oito meses, a F1 chegou a Abu Dhabi para a corrida decisiva da temporada 2010. Fernando Alonso, Sebastian Vettel, Mark Webber e Lewis Hamilton matematicamente têm chances de serem campeões.

Apesar de quatro pilotos estarem na disputa, o noticiário da semana ficou focado apenas na dupla da Red Bull. Como o time passou as ùltimas etapas afirmando veementemente que não vai privilegiar piloto algum e, dependendo do cenário, o austaliano pode precisar da ajuda do companheiro para confirmar o título, a questão ficou para a última prova. Iria o time de Dietrich Mastechitz abrir mão do triunfo para se vangloriar de não ter dado ordem igual a Ferrari?

Por outro lado, a situação de Vettel liderar a corrida e Webber em segundo – forçando a troca – é somente uma das possibilidades. Chama a atenção como o australiano foi pratiacamente descartado de superar o companheiro em condições normais. Além disso, a presença de Fernando Alonso no terceiro posto virou tão certeza quanto o domínio germânico.

Por fim, eu ainda chamaria a atenção que uma possível inversão de posições só poderia acontecer na última volta, já que Vettel também tem chances de título. Imaginem o pastelão que seria se durante as paradas nos boxes – local favorável para mudar a ordem dos pilotos – a Red Bull deixar o australiano na frente, mesmo com o consentimento de Vettel. E, em seguida, Alonso abandonar. Iria ter alguma ordem do tipo: “Bom, Mark, agora que o Alonso abandonou você pode abrir mão do primeiro título em TODA a carreira e devolver a posição para Sebastian”?

Entre os três concorrentes, Alonso é o favorito. Afinal, o espanhol pode se beneficiar até mesmo de uma eventual decisão da equipe rival. Certamente o piloto sabe que a tarefa não é tão fácil quanto os pontos sugere, mas ainda assim tem vantagem. O outro candidato é Lewis Hamilton, que precisa de um abandono do alemão, além de um terceiro lugar no máximo de Vettel e um sexto posto de Webber. Ou seja, o piloto da McLaren precisa que a equipe tenha o carro dominante da corrida, faça a dobradinha com Jenson Button e os dois líderes nos pontos deixem a prova em uma colisão.

A situação de Massa para a corrida é interessante. Ninguém diz que o brasileiro tem chance. E ele não tem. Mesmo que vencendo, possa garantir o título do companheiro de equipe, dependendo dos resultados dos demais pilotos. Aos fãs do brasileiro da Ferrari, melhor esperar por 2011. Ou mais além.

Rubens Barrichello, já garantido na Williams, enfim chega ao final da temporada disputando algo. O piloto está empatado com Adrian Sutil na tabela de pontos, na décima colocação. Além de poder terminar no top10, o resultado do brasileiro pode significar o sexto lugar da equipe inglesa no Mundial de Construtores, garantindo uma premiação maior.

Bruno Senna precisa superar Christian Klien para causar uma imagem melhor. Devido à fragilidade do carro, é difícil afirmar que a disputa com Karun Chandhok teve um vencedor, mas o duelo com Yamamoto foi como chutar cachorro morto. Contra Klien, em duas corridas até agora, o austríaco teve problemas em ambas, mas superou o brasiliero na classificação e, em Cingapura, andou atrás.

Lucas Di Grassi, por fim, precisa apagar o desastre que foram as últimas três corridas. Com a Virgin adquirida pela Marussia – passando a se chamar Marussia Virgin (que belo nome…) – o brasileiro precisa causar uma boa impressão nos chefes para garantir a longevidade na categoria. Jerôme D’Ambrosio e Giedo van der Garde, além de Vitaly Petrov agora são constantemente especulados para o lugar na equipe.

Meu palpite sempre furado para a corrida é Vettel, Alonso e Webber. Com o camarada espanhol conquistando o tricampeonato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s