Travis Pastrana na Nascar

 

Travis Pastrana na Nascar
Imprensa americana coloca Travis Pastrana na Nascar em 2011

Travis Pastrana é um dos ídolos dos esportes radicais nos EUA. Até hoje, o americano de 27 anos conquistou 2 campeonatos de motocross, 14 medalhas em X games – contando nas motos e nos carros – e um tetracampeonato no Rally of America.

Além dessas conquistas, Pastrana já participou do WRC, da Race of Champions – onde vai competir mais uma vez em 2010 –, fez aparições no videogame na série Pro’s da Activision, foi dublê, pulou de um avião sem para-quedas, participou de um especial da série Jackass e detém o recorde de maior salto rampa a rampa com um carro ao alcançar 269m no dia 1º de janeiro de 2010. Veja o recorde no vídeo abaixo:

Por todos esses feitos somados a uma carisma característica dos ídolos americanos, Travis Pastrana recebeu a alcunha de ser bom em tudo o que faz.

Nas últimas semanas, alguns rumores ligavam o esportista à Nascar. Na realidade, ainda não era nenhuma especulação falando da contratação de Pastrana por alguma equipe e sim algumas opiniões esparsas quanto à falta de ídolos no turismo americano.

Entre os vários artigos publicados, a maioria apontava que Dale Earnhardt Jr, Jeff Gordon e Tony Stewart são ídolos saturados. Quer dizer, quem acompanhou a carreira deles desde o início na Nascar tinha bons motivos para torcer, já quem começou a assistir à categoria por agora ficou carente de um ídolo por conta do fraco desempenho desses pilotos comparado ao que já renderam. Uma comparação meio absurda, seria algo como torcer pro Santos, na década de 90, antes de Diego e Robinho por conta do Pelé.

Para a Nascar voltar a ter ídolos, foram apontadas duas soluções: Danica Patrick e Ricky Carmichael. A piloto da Indy tem competido na Nationwide desde o início do ano em corridas que não tivessem conflito de agenda com os monopostos. Só que o desempenho de Danica é sofrível, mesmo  correndo em um dos melhores carros.

Carmichael, por outro lado, tem conseguido resultados sólidos na Nascar. Ao contrário de Danica, ele começou na Nascar East e vem escalando gradativamente as divisões. Contra o ex-motociclista pesa a idade de 30 anos.

Pastrana entra no mesmo caso de Carmichael, tem 27 anos e pode não ter tempo suficiente para chegar à Sprint Cup, arrastar fãs às pistas e construir uma carreira sólida.

Com ou sem tempo, nesta quarta-feira, dia 10, CBS Sports, NASCAR Examiner, AutoBlog.com, SpeedFreaks e AutoWeekRacing cravaram que o esportista vai anunciar a transferência para a categoria de turismo a partir de 2011.

Os rumores indicam que ele vai fechar contrato com a equipe de Michael Waltrip e poderá competir na Nascar East ou na Nationwide Series. Independente da divisão que for, é uma grande aquisição par a Nascar.

Em um futuro não tão distante, um grid formado por Pastrana, Carmichael, Danica, Villeneuve, Montoya, Tony Stewart, Jimmie Johnson, Narain Karthikeyan (!), Nelsinho Piquet e muitos outros pilotos conhecidos pode dar uma nova identidade à categoria. E seria muito divertido de ver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s