Dois brasileiros confirmados nos testes de novatos da F1

 

Andy Soucek na Williams
Campeão da F2, Andy Soucek foi um dos destaques do treino de novatos de 2009, pela Williams. O espanhol, no entanto, no conseguiu se firmar na F1

Quando o calendário da  F1 terminar em Abu Dhabi, a contagem regressiva para o início da temporada 2011 irá começar. Antes de os consagrados pilotos retornarem às pistas, será a vez de uma série de novatos – ainda no Oriente Médio – a testar os carros da F1. Desde o ano passado, a F1 instituiu três dias de treinos no fim da temporada com a participação exclusiva de pilotos que nunca disputaram um GP.

Com a proibição dos testes, essa foi a forma que a FIA encontrou para que as equipes pudessem dar uma chance a novos pilotos a guiarem um carro de F1. Se tomarmos a atividade de 2009 como exemplo, podemos dizer que foi um sucesso. Se por um lado ninguém conseguiu garantir um lugar no grid exclusivamente pelo desempenho na atividade, vários pilotos conseguiram fazer uma boa imagem na categoria principal.

O melhor exemplo de quem aproveitou a chance é Paul Di Resta. O britânico conseguiu a vaga de piloto de testes na Force India – disputada contra J.R. Hildebrand – e é especulado como titular da equipe na próxima temporada. Daniel Ricciardo, da Red Bull, foi outro que impressionou, embora apenas tenha matido o status de piloto reserva dos taurinos na atual temporada. Por fim, Nico Hulkenberg e Lucas Di Grassi participaram da sessão, mas o resultado de ambos não foi determinante para a presença na categoria.

Paul Di Resta na Force India em Jerez
Paul Di Resta fez boas apresentações no treino dos novatos e garantiu um lugar na F1, como piloto reserva da Force India

O alemão, por exemplo, já estava acertado com a Williams, que depois de anunciar Rubens Barrichello, deixou Andy Soucek sem a cobiçada vaga na F1. E pensar que o espanhol, com o limitado carro do time inglês, liderou boa parte dos treinos. No final, Soucek assinou com a Virgin, mas deixou a equipe meses depois. Outro que na época fez uma boa imagem com o chefe foi Esteban Gutierrez. O mexicano testou com a Sauber e, no final de 2010 depois do título da GP3, assinou como piloto reserva do time suíço.

Se no ano passado, Lucas Di Grassi foi o único piloto brasileiro a participar da atividade – quando ainda pilotava para a Renault – agora, em 2010, são dois os brasileiros confirmados para brigar por essa chance: Luiz Razia, da Virgin, e César Ramos, que pilotará a Ferrari devido ao título da F-3 Italiana.

Antes que eu me esqueça, o treino dos novatos vai ser o primeiro contato das equipes da F1 com os pneus da Pirelli, que substitui a Bridgestone a partir da temporada 2011.

A seguir, a lista de pilotos e equipes escalados para o treino. Como ainda há vagas em aberto e muitos boatos, a lista não deve ser 100% certeira, mas certamente é bem aproximada.

Ferrari: César Ramos, Stepháne Richelmi, Andrea Caldarelli (top 3 da F-3 italiana), Jules Bianchi (?)

McLaren: Oliver Turvey (?) e Gary Paffett (?)

Red Bull: Daniel Ricciardo

Mercedes: Sam Bird e Paul Di Resta (?)

Renault: Mikhail Aleshin e Ho-Pin Tung (?)

Williams: Dean Stoneman (campeão da F-2)  e Pastor Maldonado

Sauber: Sergio Pérez e Esteban Gutierrez

Toro Rosso: Jean-Eric Vergne

Force India: não irá participar dos testes

Lotus: TBA

Virgin: Luiz Razia e Jeróme D’Ambrosio

Hispania: TBA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s