Carro de Paul Menard para a Sprint Cup em 2011
Paul Menard vai correr com o carro 27 da RCR em 2011

Em 2009, a Richard Childress Racing expandiu a equipe na Nascar Sprint Cup para quatro carros. Além de Kevin Harvick, Jeff Burton e Clint Bowyer, o time também teria a participação de Casey Mears. O resultado foi um fracasso retumbante com os quatro ficando de fora do Chase. Em 2010, a equipe voltou a ter três carros e viu os três pilotos se classificarem para a parte final do campeonato, com Harvick tendo reais chances de ser campeão.

O bom desempenho na atual temporada fez muita gente torcer o nariz para a contratação de Paul Menard para a segunda investida do time em contar com quatro pilotos. Na realidade, a chegada de Menard é uma forma de aliviar as tensões causadas pela crise ecônomica, que deixou a maioria das equipes sem patrocinador garantido para 2011.

Carro de Kevin Harvick na Nationwide Series 2011
Além da Sprint Cup, Paul Menard levou o dinheiro da família para a Nationwide Series também

Pilotos consagrados como Jeff Gordon e Tony Stewart só conseguiram fechar os acordos com investidores durante essas últimas semanas. Enquanto isso, a RCR já tinha os três principais carros com o dinheiro necessário para a próxima temporada e estudava a adição de Menard. Trazendo o patrocínio da empresa da família – a Menards – além dos produtos que são parceiros da empresa, o piloto não garantiu apenas o quarto carro do time de Richard Childress como também fechou boa parte do orçamento do carro número 33 de Kevin Harvick, na Nationwide Series.

Com o principal carro da KHI garantido para toda a temporada 2011 – quando além do prórprio Harvick e de Menard, Bowyer e Burton também pilotarão – a equipe já estuda voltar a inscrever um segundo carro. Esse seria para Elliott Sadler, que deixou a RPM na Sprint Cup. Como tanto a KHI quanto Sadler possuem os próprios patrocinadores, eu não dúvido de um possível acordo para que o piloto dispute o título de 2011.