Porsche GT3 respira na balburdia do automobilismo brasileiro

 

 

Porsche GT3
A Porsche GT3 é uma das categorias brasileiras que quase chega a empolgar

 

Que o automobilismo brasileiro é uma bagunça todo mundo já sabe. Salvo a Fórmula Truck, as categorias não empolgam por vários motivos. Um dos campeonatos disputados no Brasil é a Porsche GT3 que, apesar de também não empolgar, vem crescendo nos últimos anos.

A organização da categoria até é esforçada. Para a etapa deste final de semana, eles colocaram 41 carros para competir. Bem na verdade, como em qualquer categoria brasileira, os pilotos são quase todos ricaços que brincam com os Porsches da coleção.

As disputas até são legais e blábláblá, mas a intenção não é ficar babando para mais um campeonato brasileiro de qualidade questionável. O fato que eu quero chamar a atenção é a auto-suficiência da Porsche em manter um grid de largada.

No final da temporada 2009, os principais pilotos anunciaram que iam deixar a corrida. O bicampeão Miguel Paludo foi para a Nascar, enquanto Constantino Jr aceitou o convite de Amir Nasr para correr na Stock Car.

Para substituir a dupla, a organização da categoria foi atrás de alguns pilotos bem curiosos. Ricardo Rosset, ex-piloto de F1, com passagens lamentáveis por Arrows, Tyrrell e Lola. Ainda assim, a carreira do paulista teve certo destaque antes de chegar à categoria máxima. E mesmo na F1, os problemas envolvendo politicagem de equipe o atrapalharam demais.

 

 

Alex Barros
Alex Barros é um dos destaques da temporada 2010

 

O segundo piloto a ser destaque na Porsche Cup é Alex Barros. O ex-motociclista aproveita para competir na categoria enquanto dirige a escola de pilotagem para quem quer seguir profissionalmente nas corridas de motos.

Há alguns outros pilotos que merecem algum destaque como Ricardo Baptista, Daniel Paludo e os estreantes Ernani Júdice e Cristiano Piquet, mas o destaque são mesmo o ex-pilotos de F1 e MotoGP. No campeonato, Rosset lidera, com 188 pontos, contra 116 de Barros, que aparece em terceiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s