Ryan Truex é bicampeão da Nascar East

Ryan Truex é bicampeão da Nascar K&N Pro Series East
Ryan Truex comemora o bicampeonato ao lado da equipe

A temporada 2010 da Nascar K&N Pro Series East cumpriu o que prometera no início do ano: corridas emocionantes, indefinidas até o final e revelando uma nova geração de pilotos que em pouco tempo deve chegar às três grandes divisões do esporte. Em meio a tudo isso, Ryan Truex aproveitou da experiência de ter sido campeão em 2009 para conquistar o segundo título seguido na categoria.

A prova final do campeonato aconteceu em Dover e teve algumas novidades na lista de inscritos: Chad Boat, filho do ex-piloto da Indy Billy Boat, Corey La Joei e, claro, Danica Patrick, que estreava pela equipe JR Motorsport para ganhar mais experiência com os carros de turismo. Além deles, Miguel Paludo competindo como sempre.

O brasileiro viveu uma experiência inusitada. Acabou batendo no treino livre e a equipe Germain não teria como consertar o carro a tempo da corrida. Os times de Joe Gibbs e da Red Bull acabaram por oferecer um carro para o brasileiro – caso eles não precisassem – para competir na prova. Apesar de ser uma atitude comum na Nascar, fica claro que essas equipes acreditavam no potencial de Paludo trazer o carro inteiro depois da prova.

A corrida foi um típico embate de jovens pilotos em um oval curto como Dover, marcada por muitas bandeiras amarelas. A primeira delas envolveu Cole Whitt, da Red Bull, que bateu na volta 25, depois de largar em segundo, atrás apenas de Max Gresham.

O segundo acidente decidiu o campeonato. Darrel Wallace Jr, único que poderia tirar o título de Ryan Truex, foi para o muro, destruindo o carro.

Danica Patrick e Miguel Paludo
Danica Patrick no carro número 83 e Miguel Paludo logo atrás no número 77. Reparem no esquema de pintura do brasileiro entregando que é um carro de Joe Gibbs

Gresham manteve a primeira posição até a volta 68, quando foi para os boxes. Danica Patrick ficou na pista e herdou a liderança. Na relargada, Danica e Matt Kobyluck se tocaram e na curva seguinte o campeão da temporada 2008 foi para o muro chamando a bandeira amarela.

Depois, D.J Shaw e Andrew Ranger lideraram algumas voltas, enquanto os acidentes continuaram. Bateram Zach Germain, Dustin Delaney, Michael Cherry e Steve Park. O último a abandonar foi Ty Dillon, na volta 149, chamando a prorrogação. Quase ao mesmo tempo Max Gresham, que acabara de perder a liderança para o companheiro Brett Moffitt, acabou recolhendo para os boxes com problemas no motor.

Na última relargada, Moffitt segurou Corey La Joei até a linha de chegada e venceu pela segunda vez seguida em Dover. Na úlitma volta, Miguel Paludo vinha na sétima posição, mas foi tocado por Danica e acabou caindo para o 14º lugar. Truex terminou em terceiro e celebrou o bicampeonato.

Brett Moffitt
Brett Moffitt, da Joe Gibbs Racing, comemora a segunda vitória em Dover na carreira

O grupo dos dez primeiros foi formado por Brett Moffitt, Corey LaJoie, Ryan Truex, Eddie MacDonald, Dale Quarterley, Danica Patrick, Brandon Ward, Sergio Pena and D.J. Shaw.

A categoria volta às pistas em janeiro para o início da temporada americana de automobilismo no Toyota AllStar Showdown, que é disputado em Irwindale, na Califórnia. Miguel Paludo ainda corre uma etapa na ARCA e outras duas na Truck Series.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s