Walt Disney World Speedway

Walt Disney World Speedway
A pista do Mickey era bastante estranha. Não bastando o lago com a cabeça do personagem, a reta dos boxes ficava em uma posição incomum devidao à pista nada simétrica

Neste sábado, dia 4, a Indy completa a incrível marca de 200 corridas, desde a inauguração ainda como IRL, em 1996, depois da separação com a CART. Na época, o grupo dissidente, formado por Tony George, entre outros, era contra a internacionalização que a principal categoria norte-americana de Fórmula estava atravessando.

George então criou a Indy Racing League, que competiria apenas em circuitos ovais, tendo a Indy500 como principal prova do campeonato. Era uma disputa feita por americanos para americanos. O assunto desse post é justamente a primeira pista  em que a Indy Racing League correu: o famoso Walt Disney World Speedway.

Sim! Walt Disney World, a casa do Mickey, já foi um lugar onde os carros da Indy correram. O circuito era localizado próximo aos estacionamentos do Magic Kingdom para que a forma de “Mickey” que o parque tem na visão aérea fosse preservada.

Durante a construção, a pista em si se revelou bastante barata, já que a estratégia empregada foi a de construir apenas as edificações necessárias. Assim, havia a pista, os muros, o alambrado, arquibancadas e só. Todo o resto, incluindo as garagens e o banheiro, era montado apenas para o final de semana da corrida, assim como acontece nos circuitos de rua.

A prova acontecia no final de janeiro. Ou na semana anterior ao Super Bowl, ou no sábado que antecedia a final do futebol americano. Isso fazia a prova ser o primeiro grande evento do ano no automobilismo. Entretanto, problemas como o estacionamento limitado e o público cada vez menor tornaram-se constantes.

A pista é um trioval de uma milha nada simétrica, o que a fazia bastante perigosa. Aliás, esse foi um dos motivos das corridas pararem de acontecer por lá. Em 2000, no último ano em que a IRL correu na terra do Mickey, Sam Schmidt sofreu um acidente que o deixou paraplégico.

Com os problemas citados acima, a IRL desistiu de correr em Orlando a partir de 2001, com a abertura do campeonato passando a acontecer em Phoenix apenas no mês de março.

O grande feito do Walt Disney World Speedway foi o de juntar a turma do Mickey aos americanos conservadores que eram radicalmente contra a internacionalização da CART. A primeira corrida que aconteceu por lá teve a vitória de Buzz Calkins – única da carreira do piloto. Os demais vencedores foram Tony Stewart, Eddie Cheever e Robbie Buhl. Por curiosidade, um brasileiro triunfou na pista da Disney: foi Urubatan Helou Jr, que corria de Fórmula Ford 2000, em 1997.

Hoje a pista está abandonada e serve como ponto turístico da Disney. Então, quem for para lá, não deixe de passar no circuito e conhecer o Lake Mickey, enquanto espera o próximo show da Pequena Sereia começar.

No local ainda funcionam algumas pequenas escolas de pilotagem e o Richard Petty Driver Experience, que é a oportunidade de dar uma volta na pista em um carro da Nascar com o lendário número 43. O circuito ainda foi palco de outro tipo de corrida. A maratona da Disney usava a pista como parte do trajeto até poucos anos atrás.

Veja como foi a primeira das 200 corridas da Indy: as 200 Milhas do Walt Disney World:

Um comentário sobre “Walt Disney World Speedway

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s